Ordem Suprema Militar do Templo de Jerusalém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Templar Cross

Este artigo é parte de ou relacionados com a
série sobre os Cavaleiros Templários


A Ordem Soberana do Templo de Jerusalém (mais conhecida pela sigla OSMTJ e pela alcunha em inglês, Sovereign Military Order of the Temple of Jerusalem - SMOTJ), também conhecida como a Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani (OSMTH) é uma associação internacional de grandes Priorados nacionais autônomos, cujos objetivos são a preservação dos locais sagrados ao redor de Jerusalém; Trabalhos de Caridade; Lobby e Intervenções Diplomáticas. Nos tempos modernos, a Ordem existe como uma organização Cristã Ecumênica que foi fundada em 1804, baseada na tradição dos Cavaleiros Templários.

Em 2001, a Ordem foi credenciada pelo Conselho Econômico Social das Nações Unidas como uma Organização Não Governamental.[1] A Ordem também é um membro associado do Internacional Peace Bureau (fundado pelo mesmo criador do Prêmio Nobel, Alfred Nobel, em 1891), e uma organização filiada do Centro Internacional para Religião e Diplomacia (International Center for Religion and Diplomacy).

A figura central por trás da ressureição da ordem foi Bernard-Raymond Fabre-Palaprat, um médico francês que tomou interesse genuíno na história dos Templários.[2] Em 1805, ele reorganizou a Ordem Templária e proclamou a si mesmo Grão-Mestre. Esta nova organização foi amplamente aceita na subcultura ocultista e até mesmo Napoleão mostrou interesse nela.[3] Em 1942, após a morte de Fabre-Palaprat, Antônio Campello Pinto de Sousa Fontes foi eleito "Regente" da OSMTH. Ele abriu Priorados em países ocidentais, permitindo que o movimento se espalhasse.[3]

Referências

  1. United Nations NGO page.
  2. Charta Transmissionis, [in:] Norbert Wójtowicz, Masoneria. Mały słownik, Warszawa 2006, pp.88-89.
  3. a b Introvigne, Massimo. (1995). "The Neo-Templar Tradition". The Order of the Solar Temple: The Temple of Death: 21-22.
  • Chev. Leo Thys, KCTJ. "History of the Order of the Temple of Jerusalem: From 1118 to 2005", ISBN 90-901931-7-0

Ver também[editar | editar código-fonte]

Leitura suplementar[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]