Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Janeiro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham
Diœcesis Ordinariatus Personalis Nostrae Dominae Walsinghamensis
Localização
País Inglaterra e País de Gales
Arquidiocese Metropolitana Westminster
Estatísticas
Área 151.174 km²
Informação
Rito Uso anglicano do Rito Romano
Criação da Diocese 15 de janeiro de 2011
Padroeiro John Henry Newman
Governo da Diocese
Bispo Mons. Keith Newton
Jurisdição Ordinariato pessoal para anglicanos
Contactos
Página Oficial Ordinariato Nossa Senhora de Walsingham

Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham (em inglês: Personal Ordinariate of Our Lady of Walsingham) é uma circunscrição eclesiástica pessoal da Igreja Católica no território conjunto de Inglaterra e País de Gales. É o primeiro Ordinariato pessoal para anglicanos erigido a fim de receber ex-fiéis anglicanos em plena comunhão com a Igreja Católica, mantendo suas tradições próprias, desde que em conformidade com a doutrina católica. Pertence à Conferência Episcopal de Inglaterra e País de Gales.

Anglicanorum Cœtibus[editar | editar código-fonte]

A Constituição Apostólica Anglicanorum Coetibus é a resposta do Vaticano para as preocupações e pedidos vindos de dentro da Igreja Católica, particularmente das paróquias de Uso Anglicano; das Igrejas anglicanas que estão fora da Comunhão Anglicana, especialmente a Comunhão Anglicana Tradicional; e dos sectores anglo-católicos dentro da Comunhão Anglicana (nomeadamente do movimento Forward in Faith).

Os ordinariatos pessoais "são erigidos pela Congregação para a Doutrina da Fé dentro dos confins territoriais de uma determinada Conferência Episcopal, depois de ter consultado a própria Conferência".[1] Os ordinariatos têm uma "personalidade jurídica pública" e são "juridicamente assimilados a uma diocese", sendo constituídos por "fiéis leigos, clérigos e membros de Institutos de Vida Consagrada ou de Sociedades de Vida Apostólica, originariamente pertencentes à Comunhão Anglicana e agora em plena comunhão com a Igreja Católica, ou que recebem os Sacramentos da Iniciação na jurisdição do próprio Ordinariato".[2]

Ereção[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Constituição Apostólica Anglicanorum Coetibus, do Papa Bento XVI, e após cuidadosa e estudada consulta à Conferência Episcopal da Inglaterra e País de Gales, a Congregação para a Doutrina da Fé erigiu a 15 de janeiro de 2011 o primeiro ordinariato. O Decreto de Ereção especifica o nome de Personal Ordinariate of Our Lady of Walsingham (Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham) e o coloca sob a proteção do Beato John Henry Newman[3] , que foi um cardeal convertido ao catolicismo, um grande expoente do Movimento de Oxford e beatificado por Bento XVI em sua visita à Inglaterra no final de 2010.

No mesmo dia, Bento XVI nomeou o Pe. Keith Newton primeiro Ordinário. Aos 17 de março do mesmo ano, o ordinário foi elevado a Monsenhor Protonotário Apostólico[4] e os demais membros do Conselho de governo, os presbíteros John Broadhurst e Andrew Burnham, a Monsenhores prelados de honra. Somente o Ordinário recebeu o privilégio previsto para ex-bispos anglicanos de usar as insígnias episcopais, como mitra, báculo, cruz peitoral etc.

Recebida na Igreja Católica na mesma Missa Crismal que os três supracitados padres e suas respectivas esposas, a Society of Saint Margaret in Walsingham[5] (Sociedade de Santa Margarida em Walsingham) é a primeira Comunidade de Vida Religiosa do Ordinariato. Fundada pelo ministro anglicano John Mason Neale, a Sociedade teve seu carisma fortemente marcado pelo Movimento de Oxford. Sua espiritualidade, conforme o site oficial do ordinariato[6] , é de "adoração diária, vida comunitária e recitação do Ofício Divino em coro, além da devoção ao Santo Nome de Jesus [cuja festa litúrgica se celebra no dia 2 de janeiro)] e serviço ao necessitado, em especial, os peregrinos da jornada espiritual em busca do Senhor".

Em matéria de 28 de dezembro de 2011, o periódico The Daily Telegraph[7] afirma que só no primeiro ano, 60 clérigos e cerca de mil fiéis leigos entraram na Igreja Católica através do Ordinariato Nossa Senhora de Walsingham; e mais 20 clérigos e 200 leigos são esperados para o ano de 2012.

Decreto de Ereção[editar | editar código-fonte]

DECRETO DE EREÇÃO DO

ORDINARIATO PESSOAL

NOSSA SENHORA DE WALSINGHAM

A suprema lei da Igreja é a salvação das almas. Deste modo, através de sua história, a Igreja encontrou sempre os meios jurídico e pastoral de cuidar do bem dos fiéis.

Com a Constituição Apostólica Anglicanorum coetibus, promulgada aos 4 de novembro de 2009, o Santo Padre, Papa Bento XVI, proveu o estabelecimento de Ordinariatos Pessoais, através dos quais, fiéis anglicanos podem entrar, também de maneira corporativa, em plena comunhão com a Igreja Católica . Nesta mesma data, a Congregação para a Doutrina da Fé publicou as Normas Complementares relativas a tais Ordinariatos .

Em conformidade com o estabelecido non Art. I § 1 e § 2 da Constituição Apostólica Anglicanorum coetibus, tendo recebido pedidos de um considerável número de fiéis anglicanos e tendo consultado a Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales, a Congregação para a Doutrina da Fé

ERIGE

O Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham no território da Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales.

  1. O Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham ipso iure possui personalidade jurídica e é juridicamente equivalente a uma diocese . Inclui aqueles fiéis, de qualquer categoria e estado de vida, que, tendo originalmente pertencido à Comunhão Anglicana, estão agora em plena comunhão com a Igreja Católica, ou que tenham recebido os sacramentos da iniciação na jurisdição do próprio Ordinariato , ou que foram nele recebidos porquanto são parte de uma família pertencente ao Ordinariato .
  2. Os fiéis do Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham estão confiados ao cuidado pastoral do Ordinário Pessoal o qual, uma vez nomeado pelo Romano Pontífice , possui todas as faculdades, e está ligado a todas as obrigações, especificadas na Constituição Apostólica Anglicanorum coetibus e nas Normas Complementares bem como naqueles assuntos determinados subsequentemente pela Congregação para a Doutrina da Fé, a pedido de ambos o Ordinário, tendo ouvido o Conselho Governante do Ordinariato, e a Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales.
  3. Os fiéis anglicanos que desejem ser recebidos em plena comunhão com a Igreja Católica através do Ordinariato devem manifestar esse desejo por escrito . Há-de se ter um programa de formação catequética para esses fiéis, o qual se estenda por um tempo congruente, e cujo conteúdo seja estabelecido pelo Ordinário em concordância com a Congregação para a Doutrina da Fé a fim de que os fiéis estejam aptos a aderir plenamente ao conteúdo doutrinal do Catecismo da Igreja Católica , e então, fazer a profissão de fé.
  4. Aos candidatos à ordenação, que anteriormente foram ministros na Comunhão Anglicana, há-de se ter um específico programa de formação teológica, bem como de preparação espiritual e pastoral, a fim da ordenação na Igreja Católica, de acordo com o que será estabelecido pelo Ordinário em conformidade com a Congregação para a Doutrina da Fé e em consulta à Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales.
  5. Para um clérigo não incardinado no Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham assistir ao casamento de fiéis pertencentes ao Ordinariato, ele deve receber a licença do Ordinário ou do pastor da paróquia pessoal a qual os fiéis pertençam .
  6. O Ordinário é um membro de direito da Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales, com voto deliberativo naqueles casos em que tal é requerido pela lei .
  7. Um clérigo que, tendo vindo originalmente da Comunhão Anglicana, já tenha sido ordenado na Igreja Católica e incardinado numa Diocese está apto a ser incardinado no Ordinariato de acordo com a norma estabelecida no can. 267 CIC.
  8. Até que o Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham tenha estabelecido seu próprio Tribunal, os casos judiciais de seus fiéis serão referidos ao Tribunal da Diocese em que uma das partes tenha domicílio, levando em conta, todavia, os diferentes títulos de competência estabelecidos nos can. 1408-1414 e 1673 CIC .
  9. Os fiéis do Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham que estejam, temporária ou permanentemente, fora do território da Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales, enquanto permanecerem membros do Ordinariato, são regidos pela lei universal e por aquelas leis particulares do território em que se encontram .
  10. Se um membro dos fiéis muda-se permanentemente para um lugar onde outro Ordinariato Pessoal tenha sido erigido, ele está apto, mediante seu próprio pedido, a ser recebido nele. O novo Ordinário está obrigado a informar da recepção ao Ordinariato Pessoal de origem. Se um membro dos fiéis deseja deixar o Ordinariato, ele deve dar a conhecer tal decisão ao seu próprio Ordinário. Ele, automaticamente, torna-se membro da Diocese onde reside. Neste caso, o Ordinário deve garantir que o Bispo Diocesano seja informado.
  11. O Ordinário, tendo em mente a Ratio fundamentalis institutionis sacerdotalis e o Programa de Formação Sacerdotal da Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales, deve preparar um Programa de Formação Sacerdotal para os seminaristas do Ordinariato, o qual deve ser aprovado pela Sé Apostólica .
  12. O Ordinário garantirá que os Estatutos do Conselho Governante e do Conselho Pastoral, os quais são sujeitos à sua aprovação, sejam elaborados .
  13. O local da Igreja principal do Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham será determinado pelo Ordinário em concordância com a Congregação para a Doutrina da Fé e em consulta à Conferência Episcopal da Inglaterra e País-de-Gales. Assim também, a Sede do Ordinariato, onde o registro referido no Art.5 § I das Normas Complementares será mantido, será determinada do mesmo modo.
  14. O Ordinariato Pessoal Nossa Senhora de Walsingham tem por seu padroeiro o Bem-aventurado John Henry Newman.

Inobstante todo o contrário.

Roma, dos Escritórios da Congregação para a Doutrina da Fé, 15 de janeiro de 2011.

William Cardinal Levada

Prefeito

† Luis F. Ladaria, S.I.

Secretário

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. PAPA BENTO XVI (2009). Anglicanorum Coetibus (I, 1) (em português) Santa Sé. Visitado em 4 de Outubro de 2010.
  2. PAPA BENTO XVI (2009). Anglicanorum Coetibus (I, 3-4) (em português) Santa Sé. Visitado em 4 de Outubro de 2010.
  3. Ereção do Ordinariato
  4. Sobre o Ordinário
  5. Comunidade religiosa
  6. Comunidade religiosa
  7. Esperados mais centenas de defecções da Igreja da Inglaterra