Ordonho I das Astúrias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ordonho I das Astúrias
Rei das Astúrias de 850 a 866
Miniatura medieval representando ao rei Ordonho I.
Pai Ramiro I das Astúrias
Mãe Urraca Paterna de Castela
Nascimento ca. 830
Morte 27 de Maio de 866 (36 anos)
Oviedo
D. Nuna ou Nuña, esposa de Ordonho I das Astúrias.

Ordonho I das Astúrias (ca. 830Oviedo, 27 de Maio de 866) foi Rei das Astúrias de 850 a 866. Era filho de Ramiro I das Astúrias. Repovoou as cidades de Leão, Astorga, Tui e Amaya.

Em 859 derrotou Musa ibn Musa na batalha de Albelda.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Ramiro I das Astúrias e de Urraca.

Foi casado com 1 Nuna de quem se desconhece as origens familiares, de quem teve:

  1. Afonso III das Astúrias "o Magno" (84820 de Dezembro de 910). Rei das Astúrias. Herdou o trono do Reino das Astúrias com a morte de seu pai. Casou com Jimena, possivelmente a filha do rei Garcia Íñiguez de Pamplona. com quem teve descendência. Foi sepultado no Panteão dos Reis da Catedral de Oviedo.
  2. Bermudo Ordonhes. Quando o seu irmão Afonso III subiu ao trono, revoltou-se contra ele, e foi o unico dos irmãos de Afonso III que se livrou de ser cegado, devido ao facto de se ter refugiado entre os muçulmanos.2
  3. Odoario Ordonhes também denominado Oduário Ordoñez.
  4. Fruela Ordonhes também denominado por Froila Ordoñez.
  5. Nuño Ordonhes
  6. Leodegundia de Leão, possivelmente sua filha e possivelmente, casada em com Garcia Íñiguez de Pamplona.3

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografa[editar | editar código-fonte]

  • Del Arco y Garay, Ricardo (1954). Instituto Jerónimo Zurita. Consejo Superior de Investigaciones Científicas.. ed. Sepulcros de la Casa Real de Castilla. Madrid.
  • Flórez, Enrique (1770). Antonio Marín. ed. Memorias de las Reinas Católicas. Historia genealógica de la Casa real de Castilla y de León. Tomo I (2ª edición). Madrid.
  • Gonzalo Martínez Diez (2007). Sancho III el Mayor Rey de Pamplona, Rex Ibericus. Madrid: Marcial Pons. ISBN 978-84-96467-47-7.
  • Asturiano universal 6: Agustín Argüelles, Ramon Perez de Ayala, Alfonso III, o Grande, Ordoño I, Torcuato Fernández Miranda, Nicolás Alfonso Paramo Editions, Inc. 1996 ISBN 84-87253-25-3


Referências

  1. Flórez, Enrique (1770). Antonio Marín. ed. Memorias de las Reinas Católicas. Historia genealógica de la Casa real de Castilla y de León. Tomo I (2ª edición). Madrid. pp. 68.
  2. Revista Nobreza. Número 278. Ano de 2000. Página 90
  3. Martínez Díez (2007), p.23
Precedido por
Ramiro I
Rei das Astúrias
850 - 866
Sucedido por
Afonso III
Ícone de esboço Este artigo sobre História da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.