Ordonho Ramirez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Ordonho Ramirez "o Cego" (c. 981 - antes de 1024) foi um infante do Reino de Leão. Filho do Rei Ramiro III de Leão e de Sancha Gómez, seus avós paternos eram o Rei Sancho I de Leão e sua esposa Teresa Ansúrez e os avós paternos eram Gomez Diaz de Saldanha, membro da linhagem dos Banu Gomez, e Muniadona Fernandez, filha de Fernão Gonzalez.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aparece na documentação do reino entre os anos de 1014 e 1017 em dois documentos como confirmante da documentação emitida por Afonso V de Leão. Toda a sua vida é passada praticamente nas Astúrias e, de acordo com a medievalista, Margarita Cecilia Torres Sevilla-Quiñones de León-Quiñones de León, os confrontos entre o rei Bermudo II de Leão e os Banu Gómez podem deve-se á defesa dos direitos ao trono do ainda infante Ordonho, sobrinho do novo chefe da este poderoso linhagem, Garcia Gomez, que sucedeu seu pai Gomez Diaz de Saldanha, como conde de Saldanha.[1]

Ordonho Ramirez morreu entre 1017 e 1024, já que a esposa se afirma como viúva em 31 de março de 1024, data em que faz uma doação para fundação do Mosteiro de São Salvador.[2]

Casamento e prole[editar | editar código-fonte]

Casou-se depois de 1010 e antes de 1016 com a Infanta Cristina Bermudes,[3] filha de Bermudo II de Leão e de sua primeira esposa a rainha Velasquita Ramires. Este casamento, patrocinado pela Rainha Velasquita e pela rainha viúva Teresa Ansures, ambas já reclusas no Mosteiro de San Pelayo de Oviedo,[1] descende os Ordonhos (Ordóñez) uma das mais importantes linhagens das Astúrias do século XI. As crianças documentadas de Ordoño e Cristina foram:[3]

Rodrigo Jiménez de Rada menciona em De rebus Hispaniae a descendência do infantes Ordoño e Cristina: "... de Velasquita teve a Infanta Cristina, Cristina tinha do Ordoño o cego, filho do Rei Ramiro, a Afonso, Ordonho, a condessa Pelaya e a Aldonça", informação que coincide com as fontes mediavais.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Ordoño Ramírez el Ciego», especificamente desta versão.
  • Calleja Puerta, Miguel. El conde Suero Vermúdez, su parentela y su entorno social: La aristocracia asturleonesa en los siglos XI y XII (em espanhol). [S.l.]: KRK Ediciones, 2001. ISBN 84-95401-68-1
  • Sánchez Candeira, Alfonso. (1950). "La reina Velasquita de León y su descendencia" (em espanhol). Hispania: Revista española de historia (40): 449-505. ISSN 0018-2141.
  • Torres Sevilla-Quiñones de León-Quiñones de León, Margarita Cecilia. Linajes nobiliarios de León y Castilla: Siglos IX-XIII (em espanhol). Salamanca: Junta de Castilla y León, Consejería de educación y cultura, 1999. ISBN 84-7846-781-5