Orelha-de-pau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaOrelha-de-pau
Orelha-de-pau

Orelha-de-pau
Classificação científica
Reino: Fungi
Divisão: Basidiomycota
Classe: Homobasidiomycetes
Ordem: Aphyllophorales
Família: Polyporaceae
Género: Polyporus
Espécie: P. sanguineus
Nome binomial
Polyporus sanguineus
Sinónimos
Pycnoporus sanguineus
Orelha-de-pau em tronco de árvore

A orelha-de-pau (Polyporus sanguineus ou Pycnoporus sanguineus), também chamada urupê e pironga, é um fungo da família das poliporáceas.[1] Costuma crescer sobre troncos de árvores em estado de decomposição. Não é comestível, podendo levar à morte.Se adapta bem aos trópicos.Ganhou este nome por parecer muito com uma orelha e com uma madeira

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Orelha-de-pau" é uma referência ao seu formato, que se assemelha a uma orelha que nasce sobre paus podres. "Urupê" é oriundo do tupi uru'pê.[1]

Referências

  1. a b FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 744
Ícone de esboço Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.