Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa
Frente Eleitoral dos Comunistas (marxistas-leninistas)
Fundação 1973
Dissolução 6 de janeiro de 1988
Sede  Portugal
Ideologia Comunismo
Cores Vermelho
Fundiu-se no Partido Comunista (Reconstruído)

Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa (OCMLP), foi uma organização e posteriormente um partido político português, já dissolvido. Foi criada em 1973 da fusão de herdeiros do Comité Marxista-Leninista Português (CMLP), núcleos O Comunista e o grupo do Porto que publicava o jornal O Grito do Povo.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Frente Eleitoral dos Comunistas (marxistas-leninistas)[editar | editar código-fonte]

Em 1975, forma a Frente Eleitoral dos Comunistas (marxistas-leninistas) - FEC(m-l), inscrevendo-se oficialmente como partido, no Supremo Tribunal de Justiça. A sua linha política defendia o combate ao imperialismo norte-americano e ao social imperialismo Soviético.[2]

A Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Em 1976, altera a sua designação e sigla para Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa, (OCMLP),[3] e ainda nesse ano, une-se ao CMLP e à ORPC(ML) e fundam o PC(R).[1] Pouco antes da fusão, a OCMLP tinha passado por um processo de cisão. A maioria, com forte base no Porto, passou com os planos de fusão para o PC(R). Uma minoria, que manteve uma forte ênfase na questão da luta contra o fascismo social, recusou a fusão e continuou uma existência separada, continuando a sua ação e a concorrer a eleições até 1983.

Em 1988, o Tribunal Constitucional anota a dissolução da OCMLP, conforme havia sido deliberado no seu V Congresso Nacional.[4] [5]

Resultados eleitorais do partido[editar | editar código-fonte]

Resultados em eleições
(o ano liga à página da eleição)
Ano Designação Tipo de Eleição Votos % Mandatos
1975
FEC(m-l)
Constituinte
33 185
0,58%
-
1979
OCMLP
Legislativas
3 433
0,06%
-
1980
OCMLP
Legislativas
3 913
0,06%
-
1982
OCMLP
Autárquicas
1 388
0,03%
-
1983
OCMLP
Legislativas
6 113
0,11%
-

(fonte: Comissão Nacional de Eleições)

Referências

  1. a b Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa. UC - Centro de Documentação 25 de Abril. Página visitada em 18 de maio de 2010.
  2. Frente Eleitoral Comunista. U.C. - Centro de Documentação 25 de Abril. Página visitada em 18 de maio de 2010.
  3. Frente Eleitoral Comunista - Marxista-Leninista. CNE - Comissão Nacional de Eleições. Página visitada em 18 de maio de 2010.
  4. Organização Comunista Marxista Leninista Portuguesa. CNE - Comissão Nacional de Eleições. Página visitada em 18 de maio de 2010.
  5. Acordão N.º 10/88. Tribunal Constitucional (6 de janeiro de 1988). Página visitada em 18 de maio de 2010.



Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.