Organização Internacional da Vinha e do Vinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) é uma organização internacional criada a 3 de Abril de 2001 em substituição do Office International du Vin, uma instituição criada a 29 de Novembro de 1924 e transformada em Office international de la Vigne et du Vin em 1958. É atualmente composta por 45 Estados membros e por uma região com o estatuto de observação (Yantai, na China). Existem ainda observadores permanentes de diversas organizações setoriais ligadas ao vinho e à vinha.

A OIV define-se como um organismo intergovernamental de carácter científico e técnico de competência reconhecida no domínio das vinha e do vinho, das bebidas à base de vinho, das uvas de mesa, das passas secas e de outros produtos derivados da vinha.

Este organismo tem como missão principal o aconselhamento e a padronização em apoio aos diferentes actores da fileira económica da viticultura, em especial na área dos actos normativos dos Estados membros. A organização orienta os seus trabalhos científicos próprios e pode participar em processos de regulamentação nos domínios vitivinícola e de sanidade e saúde púbica.

Organizações com estatuto de observador[editar | editar código-fonte]

As seguintes organizações têm o estatuto de observador no seio da OIV:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]