Orphan Black

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Orphan Black
Orphan Black logo.png
Informação geral
Formato Seriado
Gênero Ficção científica, Drama
Duração 45 Minutos
Criador(es) Graeme Manson
John Fawcett
País de origem  Canadá
Idioma original (em inglês)
Produção
Produtor(es) Ivan Schneeberg
David Fortier
Graeme Manson
John Fawcett
Elenco Tatiana Maslany
Dylan Bruce
Jordan Gavaris
Kevin Hanchard
Michael Mando
Evelyne Brochu
Maria Doyle Kennedy
Exibição
Emissora de
televisão original
Canadá Space
Formato de exibição 720p (HDTV)
Transmissão original 30 de março de 2013 - presente
N.º de temporadas 2
N.º de episódios 20

Orphan Black é uma série canadense de ficção científica criada por Graeme Manson e John Fawcett. É uma co-produção entre BBC America e a emissora canadense Space. Protagonizada por Tatiana Maslany, a trama estreou em 30 de março de 2013, recebendo comentários positivos da crítica especializada. Foi indicada para o Globo de Ouro e o Satellite Award, além de ter faturado estatuetas em premiações como Critics' Choice Television Award e Canadian Screen Awards. A segunda temporada da série, cuja estreia ocorreu em 19 de abril de 2014, também foi bem recebida pela crítica.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Primeira temporada (2013)[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada contou com 10 episódios, sendo o primeiro lançado em 30 de março de 2013 e o último em 1 de junho de 2013[1] , com cada episódio de em média 45 minutos. Após presenciar o suicídio de uma desconhecida com a aparência idêntica à sua, Sarah Manning, uma órfã britânica com um histórico de delitos criminais, resolve furtar seus pertences e assumir sua identidade, se passando pela detetive Elizabeth Childs. As intenções iniciais de Sarah eram simplesmente tomar posse do dinheiro contido na conta bancária de Childs e usá-lo para começar uma nova vida com seu irmão adotivo Felix Dawkins e sua filha de 7 anos, Kira. Sarah usa a morte de Beth para despistar seu ex-namorado, um traficante de drogas chamado Victor, assumindo a identidade da policial e, consequentemente, acaba se envolvendo em uma conspiração envolvendo clonagem humana. Sarah então tem de ao mesmo tempo impedir que a polícia descubra sua identidade verdadeira e ajudar suas recém-descobertas irmãs clones a descobrir sua verdadeira origem, além de se proteger de um grupo de fanáticos religiosos que desejam destruí-las.[2]

Segunda temporada (2014)[editar | editar código-fonte]

A segunda temporada tem início em 19 de abril de 2014 e termina em 21 de junho de 2014 e continuará com o mesmo formato de episódios da primeira. Sarah está correndo contra o tempo para encontrar a sua filha Kira (Skyler Wexler) que está desaparecida. Suas atitudes desencadeiam uma guerra com a sua pró-clone Rachel, dividindo e colocando em perigo todos os clones. Sarah começa a descobrir coisas de seu passado, enquanto os novos personagens surgem misteriosamente.[3]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

  • Tatiana Maslany como mais de dez clones, todos nascidos em 1984 em diferentes países. Interpreta a protagonista Sarah Manning e outras personagens, como Elizabeth "Beth" Childs, uma detetive; Alison Hendrix, uma mãe de família do subúrbio; Cosima Niehaus, uma estudante universitária de biologia evolutiva do desenvolvimento; Tony Sawicki, um clone trans que comete pequenos delitos; Helena, uma fanática religiosa e responsável pelo assassinato de alguns clones; e Rachel Duncan, que cresceu sabendo ser um clone e trabalha para seus criadores.
  • Jordan Gavaris como Felix ("Fee") Dawkins, irmão adotivo de Sarah e seu principal confidente.
  • Dylan Bruce como Paul Dierden, namorado de Beth e, posteriormente, de Sarah.
  • Kevin Hanchard como Detetive Arthur "Art" Bell, ex-parceiro policial de Beth.
  • Michael Mando como Vic, ex-namorado abusivo de Sarah e traficante de drogas.
  • Évelyne Brochu como Dr. Delphine Cormier, monitora e namorada de Cosima.
  • Maria Doyle Kennedy como Siobhan Sadler (também apelidada de "Senhora. S" pelos seus filhos adotivos, Felix e Sarah), ela é a guardiã de Kira, filha de Sarah, e foi ela que tomou conta da criança enquanto Sarah esteve longe.

Recorrente[editar | editar código-fonte]

Exibição[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

O canal de televisão por assinatura do Brasil BBC HD começou a exibir a série canadense no dia 5 de fevereiro de 2014, às 23h.[4] O Netflix também disponibiliza a série no Brasil. A partir de 3 de setembro de 2014, o canal A&E Brasil passou a exibir Orphan Black, todas às quartas feiras.[5]

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

O canal de televisão portuguesa por assinatura MOV começou a exibir Orphan Black no dia 22 de novembro de 2013, às 22h15.[6]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Após seu lançamento, Orphan Black recebeu comentários bastante positivos da crítica especializada. A primeira temporada obteve no Metacritic, um agregador de resenhas, uma classificação de 73 pontos em uma escala que vai até 100, indicando "análises geralmente favoráveis".[7] No Rotten Tomatoes, outro agregador de resenhas, o primeiro ano da série conseguiu uma aprovação de 92%, com base em 26 críticas recolhidas.[8] O consenso emitido pelo site diz o seguinte: "Orphan Black é um passeio pela ficção científica selvagem, que traz uma sensibilidade dramática [ao enredo] que pode se transformar em novos suspenses num piscar de olhos".[8] Tatiana Maslany também recebeu muitos elogios por sua atuação na série. Tim Goodman, do The Hollywood Reporter, chamou sua performance de "fantástica".[9]

A segunda temporada também recebeu elogios da crítica, recebendo uma aprovação de 97% no Rotten Tomatoes, com base em 35 críticas. "Ancorado pela brilhante Tatiana Maslany, que interpreta múltiplos personagens, Orphan Black é densamente moldado, instigante e loucamente divertido como sempre foi", diz o consenso do site.[10]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado
2013 Critics' Choice Television Award Melhor atriz de série dramática Tatiana Maslany[11] Venceu
Television Critics Association Awards Melhor atuação em série dramática Tatiana Maslany[12] Venceu
Melhor nova série Orphan Black[12] Indicado
Young Hollywood Awards[13] Melhor atriz Tatiana Maslany Venceu
EWwy Award[14] Melhor atriz de série dramática Tatiana Maslany Venceu
Melhor série dramática Orphan Black Venceu
Tubey Award[15] Programa mais subestimado Orphan Black Venceu
Melhor programa novo Orphan Black Venceu
2014 Satellite Award[16] Melhor série de televisão Orphan Black Indicado
Melhor atriz de série dramática Tatiana Maslany Indicado
People's Choice Award[17] Atriz favorita de ficção-científica/fantasia Tatiana Maslany Indicado
Golden Globe Award[18] Melhor atriz de série dramática Tatiana Maslany Indicado

Referências

  1. Orphan Black (TV Series 2013– ) IMDb. Visitado em 8 de março de 2014.
  2. Orphan Black Minha Série. Visitado em 8 de março de 2014.
  3. Orphan Black (TV Series 2013– ) IMDb. Visitado em 8 de março de 2014.
  4. Quadrado, Cinthia (20 de janeiro de 2014). 'Orphan Black' estreia no Brasil no dia 5 de fevereiro Teleseries. Visitado em 8 de março de 2014.
  5. Setembro:"Orphan Black" estreia noA&E (em português) Vcfaz.tv. Visitado em 13 de setembro de 2014.
  6. 'Orphan Black' em estréia no canal MOV filmSPOT (21 de outubro de 2013). Visitado em 8 de março de 2014.
  7. Orphan Black: Season 1 (em inglês) Metacritic. Visitado em 19 de abril de 2014.
  8. a b Orphan Black: Season 1 - Rotten Tomatoes (em inglês) Rotten Tomatoes. Visitado em 19 de abril de 2014.
  9. Goodman, Tim (28 de março de 2013). Orphan Black: TV Review The Hollywood Reporter. Visitado em 8 de março de 2014.
  10. Orphan Black: Season 2 (em inglês) Rotten Tomatoes. Visitado em 11 de maio de 2014.
  11. Mitovich, Matt Webb (10 de junho de 2013). Critics' Choice Awards: Big Bang Theory, Orphan Black Star and Breaking Bad Win Big — Plus: Kudos for Southland, Parenthood Faves TVLine. Visitado em 11 de junho de 2013.
  12. a b Ausiello, Michael (3 de agosto de 2013). Tatiana Maslany, Game of Thrones, Breaking Bad, The Americans, Bunheads, Parks and Rec, Big Bang Among Winners at 2013 TCA Awards TVLine. Visitado em 4 de agosto de 2013.
  13. Slezak, Michael (18 de julho de 2013). Orphan Black's Tatiana Maslany, PLL and Game of Thrones Stars Land Young Hollywood Awards TVLine. Visitado em 5 de agosto de 2013.
  14. EWwy Awards 2013: Meet Your 10 Winners! Entertainment Weekly (13 de setembro de 2013). Visitado em 13 de setembro de 2013.
  15. Tubey Awards 2013: Scripted TV Shows Television Without Pity (17 de setembro de 2013). Visitado em 20 de setembro de 2013.
  16. Pond, Steve (2 de dezembro de 2013). ’12 Years a Slave’ Tops Satellite Award Nominations TheWrap. Visitado em 5 de dezembro de 2013.
  17. Ausiello, Michael (5 de novembro de 2013). 2014 People's Choice Awards: Glee, Grey's, Sons, Good Wife, Castle, NCIS, Gellar Among Nominees TVLine. Visitado em 5 de dezembro de 2013.
  18. Mitovich, Matt Webb (12 de dezembro de 2013). Golden Globes: House of Cards, The Good Wife, Candelabra and Breaking Bad Lead Noms; Parks & Rec, Brooklyn, Spader and Maslany Score Nods TVLine. Visitado em 12 de dezembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]