Orquestra Sinfônica de Toronto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Orquestra Sinfônica de Toronto ou Orquestra Sinfónica de Toronto é uma orquestra profissional, baseada em Toronto, Canadá.

História[editar | editar código-fonte]

A orquestra foi fundada em 1922 como Orquestra Sinfônica Nova e apresentou-se pela primeira vez no Massey Hall em Abril de 1923. A orquestra mudou seu nome para Orquestra Sinfônica de Toronto em 1927 e continuou a apresentar-se no Massey Hall de 1923 até 1982. Atualmente sua residência é o Roy Thomson Hall.

Andrew Davis foi o diretor musical de 1975 a 1988 e é o atual maestro laureado. O atual diretor musical é Peter Oundjian, que foi apontado para o cargo em Janeiro de 2003 e tomou o cargo oficialmente na temporada de 2004/5. Em Fevereiro de 2007 seu contrato foi estendido até ao fim de 2012[1] .

A orquestra teve problemas financeiros e de público na década de 1990. Em 1992 os músicos aceitaram ter 16% cortados por causa de problemas financeiros na orquestra, com a promessa de que seria devolvido e seus contratos renegociados. Em 1999 o pagamento não aconteceu e os músicos entraram em greve por 11 semanas, no outono[2] . A relação entre os músicos e a administração da orquestra deteriorou-se, mas o diretor musical Jukka-Pekka Saraste ofereceu-se para ser o mediador na situação. Essa situação fez com que a orquestra perdesse a simpatia do público. Em 2001, a dívida da orquestra chega aos 7 milhões de dólares e os diretores executivos Ed Smith e Saraste deixaram a orquestra[3] . Na temporada de 2000/1, apenas 56% das cadeiras foram ocupadas, com um público de 20 mil pessoas. Na temporada de 2006/7, a capacidade aumentou para 84%, com um público de 25 mil pessoas. Em Novembro de 2008 a orquestra vendeu **% dos ingressos e acumulava uma dívida de aproximadamente 9 milhõe de dólares[4] .

Concertos da orquestra são transmitidos pela Rádio CBC.

Diretores Musicais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. John Terauds (8 fevereiro 2007). Conductor puts mark on TSO through '12 Toronto Star. Visitado em 2008-11-02.
  2. Toronto Symphony negotiations hit sour note CBC News (25 setembro 1999). Visitado em 2008-11-08.
  3. Tamara Bernstein (25 outubro 2001). Toronto Symphony Teeters on the Edge of Ruin andante.com (overall site now defunct). Visitado em 2008-11-02.
  4. John Terauds (20 novembro 2008). TSO salutes its third surplus in row Toronto Star. Visitado em 2008-11-21.
  • John Terauds (8 de fevereiro de 2007). "Conductor puts mark on TSO through '12". Toronto Star.

Ver também[editar | editar código-fonte]