Oséias (Rei de Israel)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Oséias foi o 19º e último rei de Israel. Chegou ao trono após assassinar o rei Peca (ou Faceia).

Reinou durante 9 anos, ao fim do qual o rei Salmanaser V da Assíria conquistou o seu reino deportando uma grande parte dos seus habitantes para a Assíria e para a Média.

Segundo William F. Albright, ele reinou de 732 a.C. a 721 a.C., e segundo Edwin R. Thiele ele reinou de 732 a.C. a 723 a.C.1

Dominação de Israel[editar | editar código-fonte]

Durante o reinado do Rei Oséias, Salmanaser V invadiu a Palestina e Oséias tornou-se seu vassalo sob a imposição de um tributo anual. (2Rs 17:1-3) Todavia, numa época posterior, Oséias deixou de pagar o tributo e foi descoberto conspirando com o faraó , rei do Egito. Por causa disso, Salmanaser pôs Oséias em detenção e depois sitiou Samaria por três anos, após o que a cidade bem fortificada por fim caiu, tendo sua destruição sido efetivada por seu sucessor, Sargão II, e então os israelitas foram levados ao exílio, em 721 a.C.. — 2Rs 17:4-6; 18:9-12; compare isso com Os 7:11; Ez 23:4-10.

Precedido por
Peca
Rei de Israel
732 a.C.723 a.C.

(9 anos)

Sucedido por
Império Assirio

Referências

  1. Edwin Thiele, The Mysterious Numbers of the Hebrew Kings, (1st ed.; New York: Macmillan, 1951; 2d ed.; Grand Rapids: Eerdmans, 1965; 3rd ed.; Grand Rapids: Zondervan/Kregel, 1983). ISBN 082543825X, 9780825438257, 134, 217.