Os Impossíveis (série de televisão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Impossibles
Os Impossíveis (BR)
Da esquerda para a direita: Homem-Fluido; Coil, o homem-mola e Multi-Homem.
Informação geral
Formato Série de desenho animado
Duração aprox. 6 minutos
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos CBS
Transmissão original 1966
Nº de temporadas 2
Nº de episódios 36

The Impossibles (no Brasil, Os Impossíveis) foi uma série de desenho animado produzida pelos estúdios Hanna-Barbera em 1966, que narrava as aventuras de uma banda de rock, formada por três rapazes que estavam sempre fazendo shows pelo mundo, e que combatia o crime nas horas vagas. Impossíveis era tanto o nome da banda quanto o nome do grupo de heróis.[1]

História[editar | editar código-fonte]

No dia 10 de setembro de 1966 o estúdio da Hanna-Barbera lançava mais um clássico dos desenhos animados baseado nos costumes da época, dessa vez o estúdio explorava com ironia duas modas da década de 1960, os grupos de rock e os super-heróis. O desenho animado Os Impossíveis era exibido na rede norte-americana CBS.

Inicialmente, o nome seria The Incredibles, e os primeiros storyboards ainda mostram este título, mas acabou sendo mudado para The Impossibles.

Possui 36 episódios e se transformou em histórias em quadrinhos no final da década de 1960, produzidas pela editora norte-americana "Gold Key" e foram publicadas no Brasil em 1967 pela Editora O Cruzeiro e depois no almanaque "Heróis da TV" da Editora Abril.

Desenho[editar | editar código-fonte]

Desenho sobre uma banda de rock dos anos 60, com as suas roupas estilosas e penteados modernos (baseado nos Beatles) para a época, mas que se transformava em um grupo de super-heróis ao enfrentarem algum vilão. O seu palco móvel se transformava em um carro voador, o Impossicar, e então combatiam o crime após gritarem a famosa frase: "Vamos nós…" ("Hally Ho!")

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Homem-Mola (Coil Man) - Era capaz de transformar os braços e as pernas em molas. Baixinho e gordinho, era sempre o ídolo de todos os meninos baixinhos e gordinhos que assistiam a série.
  • Multi-Homem (Multi Man) - Criava múltiplas cópias de si mesmo. Passava a imagem do desligado da turma, com o cabelo sempre cobrindo seus olhos e possuía um escudo com a letra "M". Sempre falava para o vilão: "Você pegou todos, menos o original"
  • Homem-Fluido (Fluid Man) - Era o líder do trio. Podia transformar-se em líquido. Usava uma máscara de mergulho completamente inútil, pois eram seus companheiros que precisariam de máscaras. Tinha como bordão o grito: "Vamos nós - Oho!".
  • Big D - Chefe do trio. Sempre que um super-vilão entrava em cena, ele chamava o grupo para lutar contra o crime, entrando em contato com eles através de um visor na guitarra de Coil (Homem-Mola).

Dubladores[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

  • Coil, o Homem-Mola: Hal Smith
  • Homem-Fluido: Paul Frees
  • Multi-Homem: Don Messick
  • Narrador: Paul Frees

No Brasil Brasil[editar | editar código-fonte]

  • Coil, o Homem-Mola: Gastão Renné
  • Homem-Fluido: Older Cazarré
  • Multi-Homem: Carlos Alberto Vaccari
  • Narrador: Ibrahim Barchini

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]