Os Jogadores de Cartas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Os Jogadores de Cartas
Autor Paul Cézanne
Data 1890 a 1895
Técnica Óleo sobre tela
Dimensões 47,5 cm × 57 cm
Localização Museu de Orsay, Paris

Os Jogadores de Cartas (Les Joueurs de cartes no título francês original) é uma série de pinturas a óleo sobre tela feita entre 1890 e 1895 pelo pintor Paul Cézanne. Um dos quadros da série, o mais famoso, está exposto no Museu de Orsay em Paris.

Cézanne começou a série na Suíça e terminou-a em Aix-en-Provence.[1] [2]

Pertence à época de maturidade (década de 1890) na qual Cézanne produziu as suas principais telas. Exemplifica os quadros em que as personagens estão fortemente ancoradas na cena.[2]

Terceira versão[editar | editar código-fonte]

O quadro, que foi considerado pela ARTnews uma das obras de arte mais valiosas em mãos privadas, esteve na colecção do magnata grego George Embiricos várias décadas, tendo o coleccionador negado as múltiplas ofertas de compra ao longo dos anos.

Uma versão de Os jogadores de Cartas foi vendida em 2011 para a família real do Qatar por um preço variadamente estimado de 250 milhões de dólares (190 milhões de euros), tornando-se o trabalho de arte mais caro já vendido[3] [4] , superando o preço da obra Nu au plateau de sculpteur.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Christa von Lengerke, «Del Impresionismo al Art Nouveau» em Los maestros de la pintura occidental, Taschen, 2005, pág. 510, ISBN 3-8228-4744-5
  2. a b P. F. R. Carrassat, Maestros de la pintura, Spes Editorial, S.L., 2005. ISBN 84-8332-597-7
  3. Alexandra Peers (2 de fevereiro de 2012). Qatar Purchases Cézanne’s The Card Players for More Than $250 Million, Highest Price Ever for a Work of Art (em inglês) Vanity Fair. Página visitada em 28 de dezembro de 2013.
  4. A obra mais cara do mundo está no Qatar e vale 190 milhões de euros.