Os Segredos do Pai-Nosso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os Segredos do Pai-Nosso é uma coleção do escritor brasileiro Augusto Cury, em que há um estudo aprofundado, do ponto de vista psicológico, a respeito do Pai Nosso, uma oração cristã que, segundo a bíblia, foi ensinada por Jesus como um modelo de oração.

Dados Gerais da Coleção[editar | editar código-fonte]

Segundo Cury, a oração revela detalhes do caráter psicológico de Deus e dos homens, suas necessidades, desejos, prazeres e angustias.

No primeiro livro, A Solidão de Deus, discute-se a primeira parte da oração que revelaria a necessidade de Deus em relação aos homens e a comprovação da existência do ser eterno, ele é subdividido em 13 capítulos.

Entretanto, no segundo, e último livro da coleção, A Sabedoria nossa de cada dia, são abordados temas mais relacionados à vida humana, tendo como principal base a segunda parte da oração; aqui discute-se os problemas internos dos próprios seres humanos, sua personalidade por vezes doentia, e meios de vencer os males psicológicos humanos, a partir do ensinado na oração do [[[Pai-Nosso]]], como o "pão psicológico e seus nutrientes".

De modo curioso, Augusto Cury não defende e nem se utiliza de nenhuma religião ou crença para apoiar suas teses. Todo o texto discorre a partir de indagações científicas e debate dos conceitos e teses de ateus mundialmente renomados.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.