Oscar de melhor canção original

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oscar de Melhor Canção Original
Apresentação Academia de Artes e Ciências Cinematográficas
País  Estados Unidos
Primeira cerimónia 1935
Detentor Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez – "Let It Go" (Frozen)
Página oficial

O Oscar de melhor canção original é um prêmio dado anualmente pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos da América. A categoria de melhor canção original foi introduzida na sétima cerimônia de entrega dos prêmios Oscar, que honrou as melhores produções cinematográficas do ano de 1934. Atualmente, as indicações são feitas por compositores e letrista que são membros da Academia, e os vencedores são escolhidos por todos os membros desta.

A categoria[editar | editar código-fonte]

Quem recebe os prêmios são os compositores de uma canção escrita especificamente para um filme. Logo, é o compositor que recebe a indicação, e não o intérprete; a não ser que este último tenha contribuido no processo de composição da música, da letra, ou de ambas as partes da canção indicada. Vale notar também que as regras da Academia permite que no máximo três compositores sejam indicados. Na septuagésima nona cerimônia de premiação, por exemplo, Beyoncé Knowles não foi indicada por seu trabalho na composição de "Listen", canção escrita com outros três músicos.

O requisito "original"[editar | editar código-fonte]

Somente canções originais e escritas especificamente para um filme são elegíveis à premiação.[1] Canções que foram publicadas antes da produção de um filme e tendo nada a a ver com tal filme, tal como Unchained Melody no filme Ghost e I Will Always Love You no filme de 1992, The Bodyguard, não qualificam para a premiação do Oscar. Em adição, canções que dependem de motivos, ou materiais, extraídos de músicas já pré-existentes, tal como Gangsta's Paradise no filme de 1995, Dangerous Minds e Keep Holding on no filme de 2006, Eragon também são inelegíveis.

Quando um filme for adaptado de um musical dramático (musical da Broadway, por exemplo) lançado previamente ao filme, todas as canções adaptadas da versão do teatro musical serão inelegíveis. Assim sendo, a maioria das produções cinematográficas mais recentes que foram adaptadas de peças teatrais musicais incluíram canções originais para que o filme pudesse ser nomeado ao prêmio da Academy, como You Must Love Me no filme de 1996, Evita e Listen, Love you I do e Patience no filme de 2006, Dreamgirls.

Vencedores e indicados[editar | editar código-fonte]

Década de 1930[editar | editar código-fonte]

  • 1935: "The Continental"The Gay Divorcee • música: Con Conrad • letras: Herb Magidson
    • "Carioca" – Flying Down to Rio • música: Vincent Youmans • letras: Edward Eliscu e Gus Kahn
    • "Love in Bloom" – She Loves Me Not • música: Ralph Rainger • letras: Leo Robin
  • 1936: "Lullaby of Broadway"Gold Diggers of 1935 • música: Harry Warren • letras: Al Dubin
  • 1937: "The Way You Look Tonight"Swing Time • música: Jerome Kern • letras: Dorothy Fields
    • "I've Got You Under My Skin" – Born to Dance • música e letras: Cole Porter
    • "Pennies from Heaven" – Pennies from Heaven • música: Arthur Johnston • letras: Johnny Burke
    • "When Did You Leave Heaven" – Sing, Baby, Sing • música: Richard A. Whiting • letras: Walter Bullock
    • "Did I Remember" – Suzy • música: Walter Donaldson • letras: Harold Adamson
    • "A Melody from the Sky" – The Trail of the Lonesome Pine • música: Louis Alter • letras: Sidney D. Mitchell
  • 1938: "Sweet Leilani"Waikiki Wedding • música e letras: Harry Owens
    • "Whispers in the Dark" – Artists and Models • música: Friedrich Hollaender • letras: Leo Robin
    • "Remember Me" – Mr. Dodd Takes the Air • música: Harry Warren • letras: Al Dubin
    • "They Can't Take That Away from Me" – Shall We Dance • música: George Gershwin (indicação póstuma) • letras: Ira Gershwin
    • "That Old Feeling" – Vogues of 1938 • música: Sammy Fain • letras: Lew Brown
  • 1939: "Thanks for the Memory"The Big Broadcast of 1938 • música: Ralph Rainger • letras: Leo Robin
    • "Always and Always" – Mannequin • música: Edward Ward • letras: George Forrest e Robert Wright
    • "Change Partners" – Carefree • música e letras: Irving Berlin
    • "The Cowboy and the Lady" – The Cowboy and the Lady • música: Lionel Newman • letras: Arthur Quenzer
    • "Dust" – Under Western Stars • música e letras: Johnny Marvin
    • "Jeepers Creepers" – Going Places • música: Harry Warren • letras: Johnny Mercer
    • "Merrily We Live" – Merrily We Live • música: Phil Craig • letras: Arthur Quenzer
    • "A Mist over the Moon" – The Lady Objects • música: Ben Oakland • letras: Oscar Hammerstein II
    • "My Own" – That Certain Age • música: Jimmy McHugh • letras: Harold Adamson
    • "Now It Can Be Told" – Alexander's Ragtime Band • música e letras: Irving Berlin

Década de 1940[editar | editar código-fonte]

  • 1941: "When You Wish upon a Star"Pinocchio • música: Leigh Harline • letras: Ned Washington
    • "Down Argentine Way" – Down Argentine Way • música: Harry Warren • letras: Mack Gordon
    • "I'd Know You Anywhere" – You'll Find Out • música: Jimmy McHugh • letras: Johnny Mercer
    • "It's a Blue World" – Music in My Heart • música e letras: George Forrest e Robert Wright
    • "Love of My Life" – Second Chorus • música: Artie Shaw • letras: Johnny Mercer
    • "Only Forever" – Rhythm on the River • música: James V. Monaco • letras: Johnny Burke
    • "Our Love Affair" – Strike Up the Band • música e letras: Roger Edens e Georgie Stoll
    • "Waltzing in the Clouds" – Spring Parade • música: Robert Stolz • letras: Gus Kahn
    • "Who Am I? Hit Parade of 1941 • música: Jule Styne • letras: Walter Bullock
  • 1942: "The Last Time I Saw Paris"Lady Be Good • música: Jerome Kern • letras: Oscar Hammerstein II
    • "Baby Mine" – Dumbo • música: Frank Churchill • letras: Ned Washington
    • "Be Honest With Me" – Ridin' on a Rainbow • música e letras: Gene Autry e Fred Rose
    • "Blues in the Night" – Blues in the Night • música: Harold Arlen • letras: Johnny Mercer
    • "Boogie Woogie Bugle Boy of Company B" – Buck Privates • música: Hugh Prince • letras: Don Raye
    • "Chattanooga Choo Choo" – Sun Valley Serenade • música: Harry Warren • letras: Mack Gordon
    • "Dolores" – Las Vegas Nights • música: Louis Alter • letras: Frank Loesser
    • "Out of the Silence" – All-American Co-Ed • música e letras: Lloyd B. Norlind
    • "Since I Kissed My Baby Goodbye" – You'll Never Get Rich • música e letras: Cole Porter
  • 1943: "White Christmas"Holiday Inn • música e letras: Irving Berlin
    • "Always in My Heart" – Always in My Heart • música: Ernesto Lecuona • letras: Kim Gannon
    • "Dearly Beloved" – You Were Never Lovelier • música: Jerome Kern • letras: Johnny Mercer
    • "How About You?" – Babes on Broadway • música: Burton Lane • letras: Ralph Freed
    • "I've Heard That Song Before" – Youth on Parade • música: Jule Styne • letras: Sammy Cahn
    • "(I've Got a Gal In) Kalamazoo" – Orchestra Wives • música: Harry Warren • letras: Mack Gordon
    • "Love Is a Song" – Bambi • música: Frank Churchill (indicação póstuma) • letras: Larry Morey
    • "Pennies for Peppino" – Flying with Music • música: Edward Ward • letras: George Forrest e Robert Wright
    • "Pig Foot Pete" – Hellzapoppin' • música: Gene de Paul • letras: Don Raye
    • "There's a Breeze on Lake Louise" – The Mayor of 44th Street • música: Harry Revel • letras: Mort Greene
  • 1945: "Swinging on a Star"Going My Way • música: Jimmy Van Heusen • letras: Johnny Burke
    • "I Couldn't Sleep a Wink Last Night" – Higher and Higher • música: Jimmy McHugh • letras: Harold Adamson
    • "I'll Walk Alone" – Follow the Boys • música: Jule Styne • letras: Sammy Cahn
    • "I'm Making Believe" – Sweet and Low-Down • música: James V. Monaco • letras: Mack Gordon
    • "Long Ago (and Far Away)" – Cover Girl • música: Jerome Kern • letras: Ira Gershwin
    • "Now I Know" – Up in Arms • música: Harold Arlen • letras: Ted Koehler
    • "Remember Me to Carolina" – Minstrel Man • música: Harry Revel • letras: Paul Francis Webster
    • "Rio de Janeiro" – Brazil • música: Ary Barroso • letras: Ned Washington
    • "Silver Shadows and Golden Dreams" – Lady, Let's Dance • música: Lew Pollack • letras: Charles Newman
    • "Too Much in Love" – Song of the Open Road • música: Walter Kent • letras: Kim Gannon
    • "The Trolley Song" – Meet Me in St. Louis • música e letras: Ralph Blane e Hugh Martin
  • 1947: "On the Atchison, Topeka and the Santa Fe"The Harvey Girls • música: Harry Warren • letras: Johnny Mercer
    • "All Through the Day" – Centennial Summer • música: Jerome Kern (indicação póstuma) • letras: Oscar Hammerstein II
    • "I Can't Begin to Tell You" – The Dolly Sisters • música: James V. Monaco (indicação póstuma) • letras: Mack Gordon
    • "Ole Buttermilk Sky" – Canyon Passage • música: Hoagy Carmichael • letras: Jack Brooks
    • "You Keep Coming Back Like a Song" – Blue Skies • música e letras: Irving Berlin
  • 1948: "Zip-a-Dee-Doo-Dah"Song of the South • música: Allie Wrubel • letras: Ray Gilbert
    • "A Gal in Calico" – The Time, the Place and the Girl • música: Arthur Schwartz • letras: Leo Robin
    • "I Wish I Didn't Love You So" – The Perils of Pauline • música e letras: Frank Loesser
    • "Pass That Peace Pipe" – Good News • música e letras: Ralph Blane, Roger Edens e Hugh Martin
    • "You Do" – Mother Wore Tights • música: Josef Myrow • letras: Mack Gordon
  • 1949: "Buttons and Bows"The Paleface • música: Jay Livingston • letras: Ray Evans
    • "For Every Man There's a Woman" – Casbah • música: Harold Arlen • letras: Leo Robin
    • "It's Magic" – Romance on the High Seas • música: Jule Styne • letras: Sammy Cahn
    • "This Is the Moment" – That Lady in Ermine • música: Friedrich Hollaender • letras: Leo Robin
    • "The Woody Woodpecker Song" – Wet Blanket Policy • música e letras: Ramey Idriss e George Tibbles

Década de 1950[editar | editar código-fonte]

  • 1950: "Baby, It's Cold Outside"Neptune's Daughter • música e letras: Frank Loesser
  • 1951: "Mona Lisa"Captain Carey, U.S.A. • música e letras: Ray Evans e Jay Livingston
    • "Be My Love" – The Toast of New Orleans • música: Nicholas Brodzsky • letras: Sammy Cahn
    • "Bibbidi-Bobbidi-Boo" – Cinderella • música e letras: Mack David, Al Hoffman e Jerry Livingston
    • "Mule Train" – Singing Guns • música e letras: Fred Glickman, Hy Heath e Johnny Lange
    • "Wilhelmina" – Wabash Avenue • música: Josef Myrow • letras: Mack Gordon
  • 1952: "In the Cool, Cool, Cool of the Evening"Here Comes the Groom • música: Hoagy Carmichael • letras: Johnny Mercer
    • "Never" – Golden Girl • música: Lionel Newman • letras: Eliot Daniel
    • "Wonder Why" – Rich, Young and Pretty • música: Nicholas Brodzsky • letras: Sammy Cahn
    • "Too Late Now" – Royal Wedding • música: Burton Lane • letras: Alan Jay Lerner
    • "A Kiss to Build a Dream On" – The Strip • música e letras: Bert Kalmar (indicação póstuma), Oscar Hammerstein II e Harry Ruby
  • 1953: "The Ballad of High Noon"High Noon • música: Dimitri Tiomkin • letras: Ned Washington
    • "Am I in Love" – Son of Paleface • música e letras: Jack Brooks
    • "Because You're Mine" – Because You're Mine • música: Nicholas Brodzsky • letras: Sammy Cahn
    • "Thumbelina" – Hans Christian Andersen • música e letras: Frank Loesser
    • "Zing a Little Zong" – Just for You • música: Harry Warren • letras: Leo Robin
  • 1954: "Secret Love"Calamity Jane • música: Sammy Fain • letras: Paul Francis Webster
    • "The Moon Is Blue" – The Moon Is Blue • música: Herschel Burke Gilbert • letras: Sylvia Fine
    • "My Flaming Heart" – Small Town Girl • música: Nicholas Brodzsky • letras: Leo Robin
    • "Sadie Thompson's Song (Blue Pacific Blues)" – Miss Sadie Thompson • música: Lester Lee • letras: Ned Washington
    • "That's Amore" – The Caddy • música: Harry Warren • letras: Jack Brooks

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

  • 1972: "Theme from Shaft"Shaft • música e letras: Isaac Hayes
    • "The Age of Not Believing" – Bedknobs and Broomsticks • música e letras: Richard M. Sherman e Robert B. Sherman
    • "Bless the Beasts and Children" – Bless the Beasts and Children • música e letras: Barry De Vorzon e Perry Botkin, Jr.
    • "Life Is What You Make It" – Kotch • música: Marvin Hamlisch • letras: Johnny Mercer
    • "All His Children" – Sometimes a Great Notion • música: Henry Mancini • letras: Alan Bergman e Marilyn Bergman
  • 1973: "The Morning After"The Poseidon Adventure • música e letras: Joel Hirschhorn e Al Kasha
    • "Ben" – Ben • música: Walter Scharf • letras: Don Black
    • "Marmalade, Molasses & Honey" – The Life and Times of Judge Roy Bean • música: Maurice Jarre • letras: Alan Bergman e Marilyn Bergman
    • "Come Follow, Follow Me" – The Little Ark • música: Fred Karlin • letras: Marsha Karlin
    • "Strange Are the Ways of Love" – The Stepmother • música: Sammy Fain • letras: Paul Francis Webster
  • 1976: "I'm Easy"Nashville • música e letras: Keith Carradine
    • "How Lucky Can You Get" – Funny Lady • música e letras: Fred Ebb e John Kander
    • "Theme from Mahogany (Do You Know Where You're Going To)" – Mahogany • música: Michael Masser • letras: Gerry Goffin
    • "Richard's Window" – The Other Side of the Mountain • música: Charles Fox • letras: Norman Gimbel
    • "Now That We're in Love" – Whiffs • música: George Barrie • letras: Sammy Cahn
  • 1978: "You Light Up My Life"You Light Up My Life • música e letras: Joseph Brooks
    • "Candle on the Water" – Pete's Dragon • música e letras: Joel Hirschhorn e Al Kasha
    • "Someone's Waiting for You" – The Rescuers • música: Sammy Fain • letras: Carol Connors e Ayn Robbins
    • "He Danced With Me/She Danced With Me" – The Slipper and the Rose • música e letras: Richard M. Sherman e Robert B. Sherman
    • "Nobody Does It Better" – The Spy Who Loved Me • música: Marvin Hamlisch • letras: Carole Bayer Sager
  • 1979: "Last Dance"Thank God It's Friday • música e letras: Paul Jabara
    • "Ready To Take a Chance Again" – Foul Play • música: Charles Fox • letras: Norman Gimbel
    • "Hopelessly Devoted to You" – Grease • música e letras: John Farrar
    • "When You're Loved" – The Magic of Lassie • música e letras: Richard M. Sherman e Robert B. Sherman
    • "The Last Time I Felt Like This" – Same Time, Next Year • música: Marvin Hamlisch • letras: Alan Bergman e Marilyn Bergman

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

  • 2013: "Skyfall"Skyfall • música e letras: Adele e Paul Epworth
    • "Before My Time" – Chasing Ice • música e letras: J. Ralph
    • "Everybody Needs a Best Friend" – Ted • música: Walter Murphy • letras: Seth MacFarlane
    • "Pi's Lullaby" – Life of Pi • música: Mychael Danna • letras: Bombay Jayashri
    • "Suddenly" – Les Misérables • música: Claude-Michel Schönberg • letras: Alain Boublil e Herbert Kretzmer

Mulheres vencedoras[editar | editar código-fonte]

  • Dorothy Fields foi a primeira cancionista feminina a receber o Oscar de melhor canção original do filme de 1936. Ela escreveu a letra da música que ganhou o Oscar de melhor canção original, The Way you Look Tonight (música de Jerome Kern) cantada por Fred Astaire no filme Swing Time. Demorou mais 32 anos antes que uma segunda mulher fosse honrada novamente nesta categoria.
  • Marilyn Bergman, co-escreveu junto a seu marido, Alan, a letra para "Windmills of Your Mind" (música de Michel Legrand) do filme The Thomas Crown Affair , em 1968.

Outras mulheres que ganharam desde então:

  • Barbra Streisand ("Evergreen" de A Star Is Born) em 1977.
  • Carole Bayer Sager ("Arthur's Theme (Best That You Can Do)" de Arthur) em 1982.
  • Buffy Sainte-Marie ("Up Where We Belong" de An Officer and a Gentleman) em 1983.
  • Irene Cara ("Flashdance... What a Feeling" de Flashdance) em 1984.
  • Carly Simon ("Let the River Run" de Working Girl) em 1989.
  • Annie Lennox ("Into the West" de The Lord of the Rings: The Return of the King) em 2004.
  • Melissa Etheridge ("I Need to Wake Up" de An Inconvenient Truth) em 2007.
  • Markéta Irglová ("Falling Slowly" de Once) em 2008.
  • Adele ("Skyfall" de Skyfall) em 2013.
  • Kristen Anderson-Lopez ("Let It Go" de Frozen) em 2014.

Em 1988, Carly Simon se tornou a primeira mulher trabalhando sozinha que vence este prêmio. Sua posição foi compartilhada quando Melissa Etheridge ganhou em 2006.

Vencedores em outros idiomas[editar | editar código-fonte]

  • Manos Hadjidakis Foi o primeiro artista a receber um prêmio por uma canção que foi originalmente escrita numa língua estrangeira (outra que o Inglês), em 1960, pela canção Never on Sunday (título em Grego: Ta Paidia toy Peiraia) do filme grego Never on Sunday (título em Grego: Pote tin Kyriaki).
  • Jorge Drexler foi o segundo cancionista de idioma estrangeiro a ganhar o Oscar de melhor canção original por Al Otro Lado del Río do filme The Motorcycle Diaries ("Diários de Motocicleta", título em Português no Brasil) em 2004.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

(em inglês)