Osmar de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde abril de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Osmar de Oliveira
Nascimento Osmar Pereira Soares de Oliveira
20 de junho de 1943
São Paulo, SP
Morte 11 de julho de 2014 (71 anos)
São Paulo, SP
Ocupação Médico, jornalista, locutor esportivo
Instituições Rede Bandeirantes
Especialidade Ortopedia e medicina esportiva
Conhecido por Comentarista esportivo

Osmar Pereira Soares de Oliveira (São Paulo, 20 de junho de 1943São Paulo , 11 de julho de 2014[1] ) foi um médico, jornalista e locutor esportivo brasileiro.[2]

Foi comentarista esportivo no programa Jogo Aberto e no Terceiro Tempo. Comentou também algumas transmissões de futebol e outros esportes da Rede Bandeirantes.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Enquanto fazia o curso de medicina na PUC-SP de Sorocaba, escrevia no jornal Cruzeiro do Sul e participava dos programas esportivos da Rádio Cacique. Em 1966 passa a ser redator da revista do Corinthians e ao mesmo tempo do jornal Coringão.

Durante o curso de jornalismo na Faculdade Cásper Líbero em São Paulo, foi convidado por Roberto Petri para trabalhar na TV Gazeta e na Rádio Gazeta em 1978, durante a Copa do Mundo da Argentina. Era narrador de TV, comentarista da rádio e participava da Mesa Redonda com Petri, Milton Peruzzi, Zé Italiano, Peirão de Castro, Rubens Pecci, Dalmo Pessoa, José Silveira, Geraldo Blota e Sérgio Baklanos. Formou-se em jornalismo no ano seguinte. Em 1980 passou a ser locutor da TV Globo e depois de três anos foi para a TV Bandeirantes tendo sido o primeiro narrador do Show do Esporte na equipe de Luciano do Valle que tinha ainda Juarez Soares, Jota Jr, Elia Jr, Eli Coimbra, Luiz Ceará, Eduardo Savóia, dentre outros.

Em 1986, convidado por Sílvio Santos, vai para o SBT para comandar a equipe de esportes que tinha Juca Kfouri como comentarista e Jorge Kajuru como repórter. Após a Copa do Mundo do México, volta para a Band para cobrir os Jogos Olímpicos de Seul e em seguida passa a chefiar em São Paulo a equipe de esportes da TV Manchete, onde trabalhou com João Saldanha, Paulo Stein, Márcio Guedes, Alberto Léo, Antônio Petrin, José Carlos Conti e Mariana Godoy.[carece de fontes?]

Em 1992, retorna ao SBT ao lado de Juarez Soares, Orlando Duarte, Silvio Luiz, Luiz Alfredo, Oscar Ulisses , Nivaldo Prieto, Eli Coimbra, Antônio Petrin, entre outros profissionais. Em 1999 trabalhou na PSN, emissora americana de canal fechado no Brasil e em 2000 tem rápida passagem pela TV Cultura no programa Cartão Verde, junto com Juarez Soares e Flávio Prado. No mesmo ano começa seus trabalhos na TV Record, como locutor, comentarista e apresentador. Fica 7 anos nos programas Debate Bola e Terceiro Tempo comandados por Milton Neves. Em agosto de 2007, foi convidado a voltar para a TV Bandeirantes.

Em 11 de julho de 2014, por volta de 18h30min, sofreu um infarto e passou por uma cirurgia no Hospital São Luiz.

Referências

  1. Morre em São Paulo o médico e comentarista Osmar de Oliveira. G1 (11 de julho de 2014). Página visitada em 11 de julho de 2014.
  2. Morre jornalista e médico Osmar de Oliveira Corintiano fanática, comentarista estava internado no hospital AC Camargo, em São Paulo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.