Osmolalidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Novembro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Osmolalidade refere-se ao número de partículas osmoticamente ativas de soluto presentes em um quilograma do solvente.[1]

A osmolalidade de uma solução aumenta à medida que a concentração de solutos na solução aumenta.

Desidratação, diabetes e ingestão de álcool aumentam a osmolalidade sérica. Doenças adrenais p estado pós-operatório, abaixam-na.

Os termos osmolaridade e osmolalidade referem-se à particulas osmoticamente ativas.

Osmolaridade refere-se ao número de partículas osmoticamente ativas de soluto contidas em um litro de solução.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. IUPAC. Compendium of Chemical Terminology, 2nd ed. (the "Gold Book"). Compiled by A. D. McNaught and A. Wilkinson. Blackwell Scientific Publications, Oxford (1997). XML on-line corrected version: http://goldbook.iupac.org (2006-) created by M. Nic, J. Jirat, B. Kosata; updates compiled by A. Jenkins. ISBN 0-9678550-9-8. doi:10.1351/goldbook.