Osorkon IV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estatueta da época de Osorkon IV. Museu do Louvre

Osorkon IV ou Aajeperra-Osorkon, foi o último rei da XXII dinastia egípcia; governou de 730 a.C. a 715 a. C. Foi filho de Sheshonq V e Tadibastet II. Foi rei de Tânis e do nordeste do delta do Nilo.

O seu reinado aparece num período em que o antigo Egipto é governado por reis de quatro diferentes dinastias. A XXIII dinastia egípcia, que tem o poder nas mãos de Iuput II e governa a partir da cidade de Leontópolis, a XXIV dinastia egípcia, cujo representante é Tefnacte, na cidade de Saís, e ainda Uahkara-Bakenrenef, da XXV dinastia egípcia, e por fim kushita, que é regida por Pié e Chabaka. Osorkon IV para controlar o país vai aliar-se a Iuput II e a Tefnacte, para tentar evitar o fortalecimento de Pié, rei de Napata.

Titulatura[editar | editar código-fonte]

Nome de Sa-Rá
Hieroglifo
G39 N5
Z1
<
i mn
n
U6 V4 Aa18 D21
V31
N35
>
Transliteração osr.kn Mrj-jmn
Transliteração (ASCII) osrkn mri-imn
Transcrição Osorkon meri-amun
Tradução "Osorkon, o amado de Amon."
Nome de Nesut-bity
Hieroglifo
M23
X1
L2
X1
<
N5
O29
L1 C12 U21
N35
>
Transliteração ȝˁ ḫpr Rˁ stp-n-jmn
Transliteração (ASCII) Aa xpr ra stp-n-imn
Transcrição Akheper-rá Setepen-amun
Tradução "Grande é a manifestação de . O eleito de Amon."

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A Mitologia Egípcia, Gama Editora, Dep. Legal nº 157043/00, 1ª edição Junho de 2001. (Portugal)
  • Os Faraós, Gama Editora, Dep. Legal nº 157042800, 1ª edição Setembro de 2001. (Portugal)
  • Maravilhas do Egipto, Gama Editora, Dep. Legal nº 157013/00, 1ª edição Março de 2002. (Portugal)


Precedido por
Shoshenk V
Faraó
XXII dinastia
Sucedido por
Pedubast I


Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.