Osteoma osteoide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Osteoma osteoide
Classificação e recursos externos
DiseasesDB 31488
eMedicine article/392850
MeSH D010017
Star of life caution.svg Aviso médico

Osteoma osteóide é um tumor ósseo benigno. Ocorrem preferencialmente na coxa e perna. Se a lesão ultrapassar um tamanho de 2 cm, a alteração é descrita como um osteoblastoma.

Cerca de 14 por cento de todos os tumores ósseos são osteoma osteóide. O tumor ocorre principalmente entre o décimo e vigésimo ano de vida e ocorre duas vezes mais frequentemente em homens. Podem ocorrer antes dos 10 anos de idade, mas após os 30 anos são muito raros.

Sintomas[editar | editar código-fonte]

O osteoma osteóide apresenta sintomas na forma de dores locais de alta intensidade, que ocorrem geralmente à noite. Quando atingem a coluna vertebral, os osteomas osteóides podem causar uma curvatura dela (escoliose).

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

O diagnóstico é confirmado através de métodos de imagem: raio-X, cintilografia óssea, tomografia computadorizada (preferencialmente uma tomografia dinâmica com comprovação através do uso de meio de contraste) e ressonância magnética.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento constitui-se na remoção cirúrgica através de ressecção ou preferencialmente através de radioterapia guiada pela tomografia computadorizada.

Também pode ser realizado um tratamento sintomático com Aspirina ou outros anti-inflamatórios não-esteróides, porque o a cura da doença leva cerca de 2 a 7 anos.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.