Otão II de Brandemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Monumento a Otão II na Catedral de Spandau.

Otão II (? - 4 de julho de 1205) foi o terceiro marquês de Brandemburgo, de 1184 até sua morte.

Era filho de Otão I e de Judite da Polônia, filha de Boleslau III, duque da Polônia.

Após suceder o pai, melhorou a defesa e o povoamento de Brandemburgo e promoveu campanhas contra os eslavos e Canuto VI da Dinamarca. No inverno de 1198-99, devastou a Pomerânia dinamarquesa e consolidou seus ganhos territoriais no ano seguinte com uma campanha que pressionou Rügen e ameaçou Hamburgo. Em 1200 e 1203, apoiou o rei de Hohenstaufen, Filipe da Suábia, contra o imperador Oto IV.

Ao falecer, seu corpo foi sepultado no mausoléu da família na Abadia de Lehnin. Foi sucedido por seu irmão Alberto.

Precedido por
Otão I
Marquês de Brandemburgo
7 de março de 1184 - 4 de julho de 1205
Sucedido por
Alberto II