Outtasking

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde novembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Outtasking, é o termo que designa a função da aquisição de serviços por provedores de serviços (de tecnologia da informação por exemplo) de fora da organização, porém ao contrário de outsourcing, que designa a função de abranger uma determinada área de serviços, o outtasking abrange apenas algumas atividades dentro da empresa contratante. A grande diferença para as empresas é que o outtasking é a tomada da responsabilidade que um prestador de serviço, irá ter quanto a algumas tarefas, dentro das várias atividades designadas pelos setores internos de uma empresa.

Tomando como exemplo simples, outsourcing, quando uma empresa contrata um prestador de serviços externo e a ele cabe a tarefa de, por exemplo, gerenciar toda a infraestrutura de TI da empresa, tornando-se assim a responsável pelos dados sigilosos que não pertecem a ele.

Já outtasking, quando uma empresa contrata um prestador de serviços externo, e a ele designa a responsabilidade por algumas tarefas dentro do gerenciamento de TI interno, como por exemplo, a implantação de serviços de rede, ou controle do servidor de e-mail, ou ainda o controle sobre a manutenção de todo o hardware da empresa, assim não há a necessidade de a empresa ter de disponibilizar um serviço, ou um dado sigiloso que possui, pois o controle total ainda é interno, e cabe a empresa prestadora do serviço externo apenas a responsabilidade por aquele determinado serviço que lhe foi proposto.