Owenettidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaOwenettidae
Ocorrência: Permiano - Triássico
"Owenetta" kitchingorum.

"Owenetta" kitchingorum.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Subclasse: Parareptilia
Ordem: Procolophonomorpha
Subordem: Procolophon
Família: Owenettidae
Generos

Owenettidae é uma família extinta de pararépteis procolophonianos. Os fósseis foram encontrados principalmente na África, Madagascar e na América do Sul. É o táxon irmão da família Procolophonidae.

A família foi construída em 1939 para o gênero tipo Owenetta. Desde então, vários outros gêneros têm sido atribuídos a Owenettidae, incluindo Barasaurus e Saurodektes. A mais antigo conhecido, Owenetta rubidgei, remonta à fase Wuchiapingiano do final do Permiano. Os outros dois, Barasaurus e Saurodektes, foram encontrados pelo Grupo de 'Beaufort, na Bacia de Karoo da África do Sul. Esses estratos são do limite entre Permiano e o Triássico, e fornecer provas para a grande mudança da fauna que ocorreram como resultado da extinção do Permiano-Triássico. Embora a maioria viveu durante o Permiano, restos de alguns táxons, como Owenetta kitchingorum (logo para ser colocado dentro de seu próprio gênero [1] ) ampliaram a distribuição temporal da família no Triássico. O mais jovem owenettideo conhecido é Candelaria barbouri da Formação Santa Maria, no Brasil. Viveu durante o estágio Ladiniano do Triássico Médio [2] .

Descrição[editar | editar código-fonte]

Owenettideos procolophonianos foram relativamente pequenos e possuíam cabeças grandes e corpos robustos. A família compartilha várias sinapomorfias que o separam de outros procolophonomorfos relacionados. Em relação a anatomia craniana, não há nenhum contato entre os ossos pós-orbital e parietal como resultado da ampliação dos ossos pós-frontais, o crânio é formado, em parte, supratemporal grande lateral para o osso parietal [3] .

Notas e referências

  1. Modesto, S. P., Damiani, R. J., Neveling, J. and Yates, A. M. (2003). A new Triassic owenettid parareptile and the Mother of Mass Extinctions. Journal of Vertebrate Paleontology 23(3):715–719.
  2. Cisneros, J. C., Damiani, R., Schultz, C., da Rosa, A., Schwanke, C., Neto, L. W. and Aurélio, P. L. P. (2004) A procolophonoid reptile with temporal fenestration from the Middle Triassic of Brazil. Proceedings of the Royal Society Series B 271(1547):1541–1546.
  3. Reisz, R. R. and Scott, D. (2002). Owenetta kitchingorum, sp. nov., a small parareptile (Procolophonia: Owenettidae) from the Lower Triassic of South Africa. Journal of Vertebrate Paleontology 22(2):244-256.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]