Oxandrolona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Julho de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Oxandrolona
Alerta sobre risco à saúde
Oxandrolone.svg
Nome IUPAC 17β-hydroxy-17α-methyl-2-oxa-5α-androstan-3-one
Identificadores
Número CAS 53-39-4
PubChem 5878
DrugBank APRD01151
ChemSpider 5667
Código ATC A14AA08
Propriedades
Fórmula química C19H30O3
Massa molar 306.42 g mol-1
Ponto de fusão

236–237 °C [1]

Farmacologia
Via(s) de administração via oral
Metabolismo hepático
Meia-vida biológica 9 horas
Excreção urinaria e fecal
Riscos associados
LD50 1832 mg·kg−1 (Camundongo, peroral) [1]
Compostos relacionados
Compostos relacionados Mestalonona (O do anel trocado com CH2)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Oxandrolona é um fármaco criado por Raphael Pappo enquanto trabalhava para os Laboratórios Searle (hoje Pfizer) sob a marca registrada Anavar. Foi introduzida nos EUA em 1964. É administrado oralmente e seus efeitos são devidos à ligação ao receptor de testosterona. O receptor de testosterona induz ações em nível celular de diversas maneiras, com ações anabolizantes, androgênicas e outras.

Dosagens usuais[editar | editar código-fonte]

A oxandrolona é prescrita por meio de receituário de controle especial no Brasil, indicada primariamente para síndromes catabólicos (ver catabolismo), pacientes acamados por várias semanas e queimaduras, restaurando assim os tecidos musculares. Também é utilizada em musculação sem a devida indicação médica.

A dosagem é entre 2,5 mg e 30 mg divididas em 2 a 4 tomadas ao dia por um período aproximado de até 4 semanas para adultos.[2] .

Possíves efeitos colaterais[editar | editar código-fonte]

  1. Diminuição do HDL (colesterol bom)
  2. Aumento do LDL (colesterol ruim)
  3. Crescimento de pêlos e engrossamento da voz
  4. Comportamento masculinizado
  5. Ereções freqüentes ao longo do dia em dose altas

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]