Péter Erdő

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Péter Erdő
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Esztergom-Budapeste
Cardeal Péter Erdő com vestes corais

Título

Primaz da Hungria
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Esztergom-Budapeste
Nomeação 7 de dezembro de 2002
Entrada Solene 11 de janeiro de 2003
Predecessor László Paskai
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 18 de junho de 1975
Arquidiocese de Esztergom-Budapeste
por László Paskai
Nomeação Episcopal 5 de novembro de 1999
Ordenação Episcopal 6 de janeiro de 2000
por João Paulo II
Lema Episcopal Initio non erat nisi gratia
Nomeado Arcebispo 7 de dezembro de 2002
Cardinalato
Criação 21 de outubro de 2003
por João Paulo II
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Balbina
Dados Pessoais
Nascimento Hungria Budapeste
25 de junho de 1952 (62 anos)
Nacionalidade Húngara
Habilitação Académica Licenciatura em Teologia e Direito Canónico pela Pontifícia Universidade Lateranense
Funções Exercidas Bispo auxiliar de Székesfehérvár (1999-2002)
Títulos Anteriores Bispo titular de Puppi (1999-2002)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo
2013

Péter Cardeal Erdő (Budapeste, 25 de junho de 1952) é um cardeal húngaro e arcebispo de Esztergom-Budapeste, consequentemente, Primaz da Hungria. É também o Presidente da Conferência Episcopal da Hungria e Presidente do Conselho das Conferências Episcopais da Europa.

Estudou nos seminários de Esztergom e Budapeste, e na Pontifícia Universidade Lateranense em Roma, onde obteve o doutoramento em Teologia e Direito Canónico. Foi ordenado presbítero pelo bispo László Lékai, e incardinado na Arquidiocese de Esztergom. Entre 1977 e 1980 continuou os seus estudos em Roma e nos seis anos seguintes leccionou Teologia e Direito Canónico no Seminário de Esztergom, bem como em outras universidades estrangeiras. Em 1988 iniciou o ensino de Teologia no Pázmány Péter Catholic University, tendo sido reitor entre 1998 e 2003.


Foi nomeado bispo auxiliar de Székesfehérvár por João Paulo II, e bispo titular de Puppi. A ordenação episcopal decorreu a 6 de janeiro de 2000 tendo como ordenante principal o próprio João Paulo II e como co-ordenantes os arcebispos Giovanni Battista Re e Marcello Zago. Foi posteriormente nomeado arcebispo de Esztergom-Budapeste em 7 de dezembro de 2002, e como tal, reconhecido como Primaz da Hungria.


Foi criado cardeal-presbítero com o título de Santa Balbina por João Paulo II, no consistório de 21 de outubro de 2003[1] , permanecendo como o mais jovem membro do colégio cardinalício até à criação do cardeal Reinhard Marx em 2010.

Referências

  1. Catholic Hierarchy. Página visitada em 12 de março de 2013.




Precedido por
André Nguyên Van Nam
BishopCoA PioM.svg
Bispo titular de Puppi

19992002
Sucedido por
John Hsane Hgyi
Precedido por
László Paskai
O.F.M.
Primate PioM.svg
Arcebispo de Esztergom-Budapeste
Primaz da Hungria

2002presente
Sucedido por
(incumbente)
Precedido por
Léon-Etienne Duval
CardinalPallium PioM.svg
Cardeal-presbítero de Santa Balbina

2003presente
Sucedido por
(incumbente)
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.