Polícia Militar do Estado de Sergipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de PMSE)
Ir para: navegação, pesquisa
Polícia Militar de Sergipe
Brasão PMSE.PNG
Brasão da PMSE[1]
País  Brasil
 Sergipe
Subordinação Secretaria Estadual de Segurança
Missão Polícia Militar
Sigla PMSE
Criação 28 de fevereiro de 1835
Marcha Canção da PMSE
Lema Nosso Compromisso é a sua Segurança
História
Guerras/batalhas Guerra do Paraguai[2]
Guerra de Canudos[3]
Revolução de 1932
Combate ao Cangaço
Sede
Guarnição Aracaju

A Polícia Militar de Sergipe ( PMSE ) tem por função primordial o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública no Estado do Sergipe. Ela é Força Auxiliar e Reserva do Exército Brasileiro, e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil. Seus integrantes são denominados Militares dos Estados,[4] assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe.

História[editar | editar código-fonte]

A PMSE foi criada em 1835 com a denominação de Corpo Policial da Província.[5] O efetivo inicial era duzentos integrantes; sendo oito de policiamento montado. Historicamente a Corporação seguiu o mesmo percurso das demais Polícias Militares. Em 1917 passou a Força Auxiliar do Exército.[6] E em 1920[7] foi reestruturada como um Batalhão Policial, com uma Seção de Bombeiros. A partir de 1946 passou a desenvolver a configuração atual, constituindo progressivamente as atuais modalidades de policiamento.

O Brasão da PMSE[editar | editar código-fonte]

Descrição heráldica[8]
Escudo inglês, palado, estilizado, tendo como ornato exterior uma coroa em ouro, representando o Império do Brasil. Partição esquartelada, com subpartições cujas cores representam a Bandeira do Estado de Sergipe. Encimando o ângulo do meio do Chefe, encontram-se peças representativas da sigla da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE). No ângulo sinistro da ponta encontram-se figuras astronômicas representadas por cinco estrelas de cor branca, evocando a foz dos principais rios de Sergipe. No ângulo destro da ponta encontram-se as peças representativas da data de criação da Corporação (28.02.1835). Em abismo encontra-se uma peça móvel de branco com forma de contorno, representando o território do Estado de Sergipe. Sobre esta peça estão dispostas duas figuras artificiais sobrepostas: uma representando as Armas do Estado - um balão contendo a palavra PORVIR em fundo azul, evocando o futuro, outra em amarelo caracterizando o símbolo básico das Polícias Militares - duas pistolas cruzadas.

Estrutura Operacional[editar | editar código-fonte]

CPTRAN da PM-SE.

Capital

  • 1º BPM;
  • 5º BPM;
  • 8º BPM;
  • BPGd - Batalhão de Polícia de Guardas;
  • COE - Comando de Operações Especiais;
  • BESP - Batalhão Especial de Segurança Patrimonial;
    • Companhia de Polícia de Trânsito;
    • Companhia de Polícia de Radiopatrulha;
    • Companhia de Polícia de Choque;
    • Esquadrão de Polícia Montada;
    • Companhia de Polícia Rodoviária;
    • Companhia de Polícia Fazendária;
    • Companhia de Polícia Escolar;
      • Pelotão de Polícia Ambiental.

Interior

PEPAC - Pelotão Especial de Policiamento em Áreas de Caatinga Observação: Os BPMs (Batalhões de Polícia Militar) da Capital são constituídos por Companhias de Polícia Comunitária. Quatro no 1º BPM, três no 5º BPM, e três no 8º BPM; englobando um total de vinte e seis Postos de Atendimento ao Cidadão (PACs).

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Adotado em 13 de setembro de 1971.
  2. Teve participação nas seguintes batalhas: Tuiuti; Punta Naro; Isla Carapa; Isla Taje; Humaitá; Itororó; e Avaí.
  3. Integrando um contingente do 26º Batalhão de Infantaria do Exército.
  4. Artigo 42 da Constituição de 1988.
  5. Lei de 28 de fevereiro de 1835.
  6. Decreto n° 658, de 26 de dezembro de 1917.
  7. Lei nº 791, de 01 de outubro de 1920.
  8. Descritivo anexo ao Boletim Interno nº 043, de 07 de março de 1991.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal
A Wikipédia possui o
Portal da Segurança do Brasil