PSR B1919+21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PSR B1919+21
Dados observacionais (J2000)
Constelação Vulpecula
Asc. reta 19h 21m 44,8s [1]
Declinação 21° 53′ 02,2″ [1]
Tipo espectral Pulsar
Distância 2 283 anos-luz
700 pc
Outras denominações
PSR J1921+2153, PULS CP 1919+21, WSTB 12W15, PSR B1919+21, PULS CP 1919.[1]

PSR B1919 +21' é um pulsar na constelação de Vulpecula com um período de 1,3373 segundos[2] e uma largura de pulso de 0,04 segundos. Descoberto em julho de 1967, foi o primeiro pulsar a ser descoberto com ondas de rádio. Sua designação original era CP 1919 e ele também é conhecido como PSR J1921+2153.

Descoberta[editar | editar código-fonte]

Antes que natureza do sinal foi determinada, os investigadores, Bell e seu supervisor Ph.D Antony Hewish, consideraram seriamente a possibilidade de vida extraterrestre:

"Nós não acreditamos realmente que tínhamos pego sinais de outra civilização, mas é evidente que a ideia havia atravessado nossas mentes e nós não tínhamos qualquer prova de que foi uma emissão de rádio totalmente natural. É um problema interessante - se um pensa que pode ter detectado uma vida em outros pontos do universo como anunciar o resultado responsavelmente? Quem faz um dizer primeiro?"[3]

A observação recebeu a designação Little green men 1, até que os pesquisadores Thomas Gold e Fred Hoyle terem corretamente identificados esses sinais como uma estrela de nêutrons de rápida rotação com um campo magnético forte.

Referências

  1. a b c SIMBAD basic query result SIMBAD. Visitado em 2 de abril de 2010.
  2. Arzoumanian, Z.; Nice, D. J.; Taylor, J. H.; Thorsett, S. E. (1994), "Timing behavior of 96 radio pulsars", Astrophysical Journal 422 (2): 671, doi:10.1086/173760, http://adsabs.harvard.edu/full/1994ApJ...422..671A 
  3. S. Jocelyn Bell Burnell (1977). Little Green Men, White Dwarfs or Pulsars? Cosmic Search Magazine. Visitado em 30/01/2008.

Outro pulsares[editar | editar código-fonte]