PSV Eindhoven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PSV
PSV Eindhoven escudo.png
Nome PSV Eindhoven
Alcunhas Boeren
(Camponês)
Fundação 31 de dezembro de 1913
Estádio Philips Stadion
Capacidade 35.000
Presidente Países Baixos Frits Schuitema
Treinador Países Baixos Phillip Cocu
Patrocinador Países Baixos Philips
Material esportivo Estados Unidos Nike
Competição Países Baixos Eredivisie
União Europeia Liga Europa
Divisão 2011 1º Primeira Divisão
Website psv.nl
Kit left arm psv1415h.png Kit body psv1415h.png Kit right arm psv1415h.png
Kit shorts.png
Kit socks psv1213h.png
Uniforme
titular
Kit left arm psv1415a.png Kit body psv1415a.png Kit right arm psv1415a.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
Kit left arm psv1415t.png Kit body psv1415t.png Kit right arm psv1415t.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

.

Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Países Baixos

PSV (Philips Sport Vereniging; em português, Associação Esportiva Philips) é um clube de futebol profissional de Eindhoven, nos Países Baixos. É, junto ao Ajax de Amsterdam e Feyenoord de Rotterdam, um dos três grandes clubes dos Países Baixos. O maior momento do clube foi a conquista da Copa Européia, atual Liga dos Campeões da UEFA, em 1988.

História[editar | editar código-fonte]

O clube de futebol neerlandês Philips Sport Verening Eindhoven foi fundado a 31 de agosto de 1913 por um grupo de operários da fábrica Philips, precisamente sediada em Eindhoven. A formação do clube foi uma forma de comemorar o centésimo aniversário da independência dos Países Baixos.

Sofrendo forte concorrência interna do Ajax de Amsterdão, o PSV mesmo assim foi conquistando alguns títulos e prestígio, que o levaram a ser convidado a participar na primeira edição da Taça dos Campeões Europeus, em 1955. Nessa altura brilhava na equipa o goleador Coen Dillen.

Na década de 1970, o PSV de Eindhoven viveu um período de grandes conquistas tendo ganho por três vezes o campeonato neerlandês: 1975, 1976 e 1978 era treinada por Kees Rijvers, destacavam-se os gémeos Willy e René van de Kerkhof. 1978 ficou também marcado pela vitória na Taça UEFA, uma importante prova europeia de clubes, após derrotar na final o Bastia, de França, por 3 a 0.

Na década de 1980, a multinacional Philips investiu fortemente no clube e foi construída uma equipa que dominou o futebol neerlandês e mostrou talento na Europa. O treinador era Guus Hiddink. O PSV ganhou quatro campeonatos consecutivos, entre 1986 e 1989, mas acima de tudo em 1987/1988 conquistou a prestigiada Taça dos Campeões Europeus vencendo o Benfica no desempate por grandes penalidades, entre os elementos da equipa destacavam-se Ronald Koeman, Erik Gerets, Vanenburg e o guarda-redes Hans van Breukelen, assim como Gullit, que saíra em 1987 para jogar no AC Milan de Itália.

Em 1988 chegou ao clube o brasileiro Romário que em cinco épocas marcou 174 golos. Até 1993 conquistou três campeonatos neerlandeses e duas Taças dos Países Baixos.

Outro brasileiro que fez furor no PSV foi Ronaldo, chegou aos Países Baixos com apenas 17 anos em 1994. Tal como Romário, viria ser vendido ao FC Barcelona de Espanha.

Candidato crónico à vitória no campeonato neerlandês, o PSV Eindhoven formou ainda na década de 1990 jogadores como Jaap Stam e Ruud Van Nistelrooy ambos vendidos ao Manchester United da Inglaterra, Philip Cocu, Boudewijn Zenden e Mark van Bommel transferidos para o FC Barcelona e Arjen Robben contratado pelo Chelsea FC.

Na mesma década o PSV Eindhoven conquistou o campeonato neerlandês em três ocasiões (90/91, 91/92 e 96/97), seguindo-se triunfos nas ligas de 1999/2000, 2000/2001, 2002/2003, 2004/2005 e 2005/2006.

Em 2003 foi o campeão da Copa da Paz competição disputada na Coréia do Sul.

Estádio[editar | editar código-fonte]

Philips Stadion com capacidade para 35.000 lugares.

A casa do PSV Eindhoven e o Philips Stadion que é um estádio localizado em na cidade de Eindhoven, Países Baixos.

Inaugurado em 31 de agosto de 1913 com apenas trezentos lugares, localizado próximo a fábrica da Philips, no bairro conhecido como Vila Philips (Philipsdorp em neerlandês), sofreu grande destruição no final da Segunda Guerra Mundial, assim como a cidade.

Foi reparado e teve sua capacidade aumentada para 22.000 lugares em 1958. Com as reformas e ampliações em 1995 e 2000, tem capacidade para 35.000 torcedores. Há projetos para uma nova ampliação para 40.000 lugares.

O recorde oficial de público é de 34.700 torcedores, em 23 de outubro de 2005, num clássico entre PSV Eindhoven e AFC Ajax.

Recebeu a final da Copa da UEFA de 2006, entre Sevilla FC e Middlesbrough FC e algumas partidas da Eurocopa de 2000. É um dos estádios 5 Estrelas, segundo a UEFA.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Continentais
Competição Títulos Temporadas
Coppacampioni.png Liga dos Campeões da UEFA 1 1987–88
UEFA Cup (adjusted).png Copa da UEFA 1 1977–78
Nacionais
Competição Títulos Temporadas
Países Baixos Campeonato Neerlandês 21 1928-29, 1934-35, 1950-51, 1962-63, 1974-75, 1975-76, 1977-78, 1985-86, 1986-87, 1987-88, 1988-89, 1990-91, 1991-92, 1996-97, 1999-00, 2000-01, 2002-03, 2004-05, 2005-06, 2006-07, 2007-08
Países Baixos Copa dos Países Baixos 9 1949-50, 1973-74, 1975-76, 1987-88, 1988-89, 1989-90, 1995-96, 2004-05, 2011-12
Países Baixos Supercopa dos Países Baixos 9 1992, 1996, 1997, 1998, 2000, 2001, 2003, 2008, 2012

Uniformes[editar | editar código-fonte]

Uniformes dos jogadores[editar | editar código-fonte]

  • 1º Uniforme - Camisa em vermelho , calção branco e meias brancas;
  • 2º Uniforme - Camisa em azul , calção e meias azuis.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1º Uniforme
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2º Uniforme

Uniformes dos goleiros[editar | editar código-fonte]

  • Camisa amarela, calção e meias amarelas;
  • Camisa azul, calção e meias azuis;
  • Camisa preta, calção e meias pretas.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
'

Uniformes de treino[editar | editar código-fonte]

  • Camisa laranja, calção e meias laranja;
  • Camisa azul, calção e meias azuis.
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
2

Uniformes anteriores[editar | editar código-fonte]

  • 2011-12
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2010-11
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2009-10
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2008-09
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2007-08
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
  • 2006-07
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time

Plantel atual[editar | editar código-fonte]

Atualizado dia 08 de setembro de 2012. Fonte: @site oficial.

  • Capitão Atual capitão
Goleiros
Jogador
1 Polónia Przemysław Tytoń
21 Países Baixos Jeroen Zoet
31 Países Baixos Nigel Bertrams
Defensores
Jogador
2 Dinamarca Zanka
3 Países Baixos Karim Rekik
5 Países Baixos Jeffrey Bruma
13 Colômbia Santiago Arias
23 Bulgária Stanislav Manolev
26 Países Baixos Joshua Brenet
28 Países Baixos Abel Tamata
29 Países Baixos Jorrit Hendrix
Meio-campistas
Jogador
6 Países Baixos Adam Maher
7 Suécia Ola Toivonen
8 Países Baixos Stijn Schaars
10 Países Baixos Georginio Wijnaldum Capitão
20 Países Baixos Peter van Ooijen
27 Suécia Oscar Hiljemark
4 Coreia do Sul Park Ji-Sung
Atacantes
Jogador
11 Países Baixos Jürgen Locadia
14 Países Baixos Florian Jozefzoon
17 Países Baixos Luciano Narsingh
19 Bélgica Zakaria Bakkali
22 Países Baixos Memphis Depay
TBA Países Baixos Luuk de Jong
Treinador
Países Baixos Phillip Cocu


Fora por empréstimo
Posição Jogador
- Bélgica D Timothy Derijck (por empréstimo do Utrecht)
- Áustria M Marcel Ritzmaier (por empréstimo do Cambuur)

Capitães[editar | editar código-fonte]

Nome Atuação Capitão
Países Baixos Mark van Bommel 2012-Atualmente 2012-
Bélgica Timmy Simons 2005-2010 2007-2010'
Países Baixos Philip Cocu 1995-98, 2004-07 2005-2007
Países Baixos Mark van Bommel 1999-2005 2000-2005
Bélgica Luc Nilis 1994-2000 1998-2000
Países Baixos Arthur Numan 1992-1998 1994-1998
Países Baixos Erwin Koeman 1979-82, 1990-94 1993-1994
Países Baixos Gerald Vanenburg 1986-1993 1992-1993
Bélgica Eric Gerets 1985-1992 1987-1992
Países Baixos Ruud Gullit 1985-1987 1986-1987
Noruega Hallvar Thoresen 1981-1988 1983-1986
Países Baixos Jan van Beveren 1970-1983 1973-1983
Países Baixos Willy van der Kuijlen 1964-1981 1965-1973
Países Baixos Roel Wiersma 1954-1965 1954-1965
Países Baixos Berend Scholtens 1937-1955
Países Baixos Sjef van Run 1926-1942
Países Baixos Ad van Eerd 1927-1932 1928-

Jogadores Famosos que atuaram pelo PSV Eindhoven[editar | editar código-fonte]

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de Países BaixosSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol holandeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.