Pachycereus pringlei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPachycereus pringlei
Pachycereus pringlei cardon sahueso.JPG

Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Caryophyllales
Família: Cactaceae
Subfamília: Cactoideae
Tribo: Pachycereeae
Género: Pachycereus
Espécie: P. pringlei
Nome binomial
Pachycereus pringlei
(S.Watson) Britton & Rose

Pachycereus pringlei é uma espécie de cactos nativa do noroeste do México nos estados de Baja California, Baja California Sur, e Sonora.

É a espécie de cacto mais alto do mundo, tendo sido registrado o recorde de 19,2 metros (Salak 2000), e um caule robusto medindo acima de um metro de diâmetro, comportando diversas ramificações. No geral é parecido com o famoso Saguaro, Carnegiea gigantea, que é o segundo mais alto, mas diferencia-se pela menor quantidade de costelas nos caules, por ser mais ramificado perto da base do caule e pela localização de suas flores.

Ainda existem grandes colônias desta espécie, mas muitos têm sido destruidas conforme os campos são limpos para a agricultura em Sonora.

As frutas desta espécie eram importantes fontes de alimento para o povo Seri de Sonora.

O nome desta espécie é uma homenagem a Cyrus Pringle.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Felger, Richard; Mary B. Moser.. People of the desert and sea: ethnobotany of the Seri Indians. Tucson: University of Arizona Press, 1985.
  • Salak, M. (2000). In search of the tallest cactus. Cactus and Succulent Journal 72 (3).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pachycereus pringlei

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Caryophyllales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.