Palácio de Mukden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Palácios Imperiais das Dinastias Ming e Qing em Pequim e Shenyang *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Mukden palace Chongzheng Hall 01.jpg
Galeria Chongzheng, o edifício principal do Palácio de Mukden
País China
Critérios i, ii, iii, iv
Referência 439
Coordenadas Shenyang, China
Histórico de inscrição
Inscrição 1987 (extensão em 2004)  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O Palácio de Mukden (em Chinês simplificado: 盛京宫殿; em chinês tradicional: 盛京宮殿; em pinyin: Shěngjīng Gōngdiàn) ou Shenyang Gugong (em Chinês simplificado: 沈阳故宫; em chinês tradicional: 瀋陽故宮; em pinyin: Shěnyáng Gùgōng), também conhecido como Palácio Imperial de Shenyang, é o antigo Palácio Imperial da Dinastia Qing (1616-1910) da China. Fica localizado no centro da cidade de Shenyang, antiga Mukden, na Manchúria.

Em 2004, o palácio foi declarado Património da Humanidade pela UNESCO, como extensão do sítio Palácios Imperiais das Dinastias Ming e Qing em Pequim e Shenyang.

História[editar | editar código-fonte]

Esquema do Palácio de Mukden.

A construção do palácio teve início em 1625, durante o reinado do fundador da Dinastia Qing, Nurhaci. Em 1631 foram acrescentados outros edifícios por ordem do Imperador Huang-Taiji. Os três primeiros imperadores Quing viveram ali entre 1625 e 1644.

O Palácio de Mukden foi projectado para se assemelhar às tendas do povo Manchu (大帐), enquanto que o alargamento tinha a ambição de copiar a Cidade Proibida de Pequim. No palácio são evidentes alguns elementos dos estilos arquitectónicos próprios das populações da Manchúria e do Tibete.

Galeria Dazheng, o mais antigo edifício do Palácio de Mukden.

Em 1644, quando a Dinastia Qing substituiu a Dinastia Ming em Pequim, o palácio perdeu o seu estatuto de residência oficial, tornando-se num simples palácio regional.

Em 1780, o Imperador Qianlong mandou construir novos edifícios, ampliando, assim, o palácio. Os imperadores seguintes ganahram o hábito de passar uma parte do ano no palácio.

Museu[editar | editar código-fonte]

Em 1955, o Palácio de Mukden foi convertido num museu com o nome de Museu Palácio de Shenyang.

Galeria de Imagens do Palácio de Mukden[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Palácio de Mukden