Palavra Cantada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Palavra Cantada
Informação geral
Origem São Paulo - SP
País  Brasil
Gênero(s) Infantil
MPB
Período em atividade 1994 – atualmente
Afiliação(ões) Arnaldo Antunes
Mônica Salmaso
Página oficial www.palavracantada.com.br
Integrantes Paulo Tatit
Sandra Peres

Palavra Cantada é uma dupla musical infantil formada em 1994 por Paulo Tatit e Sandra Peres. É caracterizado por canções infantis de linhas marcantes, que prezam pela elaboração das letras, arranjos e gravações, com uma poética sensível e respeito à inteligência das crianças.

Os shows da Palavra Cantada tem a música como elemento central, usando sempre os instrumentos e a movimentação de palco como principal elemento cênico. A dupla já produziu mais de 10 discos, ultrapassando a marca total de dois milhões de CDs vendidos, com todos ainda em catálogo até hoje.

Após o lançamento em outubro de 2007 de seu quarto DVD, "Pé com Pé", patrocinado pela Natura, dentro do projeto "Natura Musical", Paulo e Sandra lançam em 2008 seu 11º CD: o "Carnaval Palavra Cantada", com co-patrocínio da Petrobras[1] .

Em Março de 2014 o Palavra Cantada lança seu primeiro aplicativo para celulares e tablets "Brincando com Palavras". Com foco educacional, o app conta com uma mecânica que consiste em juntar letras que formam palavras do videoclipe animado. No primeiro pacote serão lançados três videoclipes animados com o jogo “Quando eu era um peixinho”, “Rato” e “Ciranda dos Bichos”, sendo o primeiro gratuito para demonstração. Os demais serão lançados ao preço promocional de USD 1.99, convertidos para a moeda local. O aplicativo está disponível para plataforma Android e iOS. O App foi desenvolvido em parceria com a SIOUX.

Parcerias[editar | editar código-fonte]

Um dos maiores sucessos do grupo, a canção "Criança não Trabalha", é uma parceria com Arnaldo Antunes e uma denúncia do trabalho infantil.

A canção "Ora Bolas", de Paulo Tatit e Edith Derdyk, ganhou versão em espanhol que foi posteriormente usada na abertura do filme "Leonera", do diretor argentino Pablo Trapero.

Musicais[editar | editar código-fonte]

Em 2008, o show "O Melhor da Palavra Cantada" teve estréia no dia das crianças no Credicard Hall, em São Paulo. Em seguida, no mês de novembro, Paulo e Sandra apresentaram uma opereta para o público infanto-juvenil, "Ramon e Maraó", iniciando uma nova frente de trabalho para a Palavra Cantada: a dos Musicais[2] .

Discografia e DVD[editar | editar código-fonte]

  • CD Canções de Ninar (1994)
  • CD Canções de Brincar (1996)
  • CD Cantigas de Roda (1996)
  • CD Canções Curiosas (1998)
  • Livro/CD MilPássaros (1999)
  • Livro/CD Noite Feliz (1999)
  • CD Canções do Brasil (2001)
  • CD Meu Neném (2003)
  • CD e DVD Palavra Cantada 10 anos (2004)
  • DVD Clipes da TV Cultura
  • CD Pé com Pé (2005)
  • DVD Canções do Brasil (2006)
  • DVD Pé com Pé (2007)
  • CD Carnaval Palavra Cantada (2008)
  • Palavra Cantada Tocada (2008)
  • CD Canciones Curiosas - Palabra Cantada en Español (2008)
  • Coleção ”O Livro de Brincadeiras Musicais da Palavra Cantada” (2010)
  • DVD "Vem Dançar com a Gente" (2011)
  • DVD e Blu-ray “Palavra Cantada 3D – show Brincadeiras Musicais” (2011)
  • CD UM MINUTiiiiNHO! (2012)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Sharp pelo Canções de Ninar (1994)
  • Prêmio Sharp pelo Canções de Brincar (1996)
  • Prêmio Sharp pelo Canções Curiosas (1998)
  • CARAS pelo CD-Livro Canções do Brasil (2001)
  • Prêmio TIM pelo Pé com Pé (2005)
  • APCA - Melhor Show (2008)
  • Paulistanos do Ano Veja - (2008)

Emissoras em que o grupo é ou foi exibido[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]