Palazzo della Consulta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fachada do Palazzo della Consulta.

O Palazzo della Consulta - também chamado simplesmente de la Consulta - é um palácio de Roma que serve de sede ao Tribunal Constitucional desde 1955.

História[editar | editar código-fonte]

O edifício, terminado em 1737 soba a direcção do arquitecto Ferdinando Fuga, foi encomendado pelo Papa Clemente XII tanto para servir de sede da secretaria da Congregação da Sacra Consulta (o Conselho de Estado Pontifício) e da Secretaria dos Breves, como para hospedar o corpo dos cavaleiros e dos couraçados (mais tarde Guardia Nobiliare).

Arquitectura[editar | editar código-fonte]

Vista do Palazzo della Consulta.

A planta do palácio apresenta uam forma trapezoidal com um pátio quadrado interno; a fachada é uma interpretação mais articulada do esquema tradicional de palácio romano. Esta, de aproximação clássica, possui dois andares: no primeiro andar, as janelas têm tímpanos triangulares e no segundo circulares.

O portal central é delimitado por uma ordem de duas colunas pouco salientes, nas quais assenta um tímpano curvilíneo com as estátuas da Justiça e da Religião; enquanto nos dois portais laterais se encontram troféus militares.

O interior do vestíbulo é decorado com simplicidade, mas o duplo lanço de escadas sobressai pela sua magnificência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Palácios oficiais da República Italiana
Palazzo Chigi sede do Presidente do Conselho de Ministros
Palazzo della Consulta sede do Tribunal Constitucional
Palazzo della Farnesina sede do Ministério dos Negócios Estrangeiros
Palazzo Madama em Roma sede do Senado da República
Palazzo Montecitorio sede da Câmara dos Deputados da República
Palazzo del Quirinale sede do Presidente da República
Palazzo Spada sede do Conselho de Estado
Palazzo del Viminale sede do Ministério do Interior


Ligações externas[editar | editar código-fonte]