Paleossolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sequência de paleossolos na Toscânia.
Secção exposta de um paleossolo nas ilha de San Salvador, Bahamas.

Paleossolo (do grego: παλαιός palaiós‚ "antigo" + "solo"), por vezes grafado paleosol, é a designação dada em geologia, pedologia e paleontologia aos antigos solos que:1 (1) foram preservados por enterramento sob sedimentos (materiais aluvionares, loess) ou depósitos vulcânicos (lahar's, cinzas, bagacinas e outros piroclastos); ou (2) formaram-se em paleoclimas e foram preservados por prolongada exposição à superfície a condições climáticas muito diferenciadas das originais. Na maioria dos casos, esses solos foram litificados ou sofreram consideráveis alterações ao serem parados ou profundamente alterados os normais processos de pedogénese que os originaram. O estudo destes solos é o objecto da paleopedologia.2

Definição[editar | editar código-fonte]

Um paleossolo é um solo «fóssil» e inactivo, formado numa antiga paisagem e preservado por soterramento ou exposto prolongadamente à superfície. Devido ao carácter episódico da acumulação de sedimentos, é frequente que uma sequeência sedimentar terrestre contenha paleossolos isolados, sobrepostos ou múltiplos.2 1

Os paleossolos são principalmente reconhecíveis pela presença de: (1) vestígeos de raizes de morfologia diversificada, tais como rizólitos, rizoconcreções, rizo-halos, paleorizosferas ou estruturas similares; (2) horizontes principais e subordinados, definidos por mudanças composicionais, estructurais ou de coloração; e (3) macro e micro-estruturas edáficas, como por exemplo agregados (peds), glébulas (nódulos, concreções ou motas), cutans e pedotúbulos.1


Notas

  1. a b c Retallack, G. J.: Soils of the Past - an introduction to paleopedology. 2nd ed., Blackwell Science, 2001. p. 7.
  2. a b Kraus, M.J., 1999, "Paleosols in clastic sedimentary rocks: their geologic applications", Earth Science Review 47:41-70.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Retallack, G.J., 2001, Soils of the Past, 2nd ed. New York, Blackwell Science. ISBN 0-632-05376-3
  • Kraus, M.J., 1999, Paleosols in clastic sedimentary rocks: their geologic applications, Earth Science Review 47:41-70.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Paleossolo
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.