Palmério Dória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Palmério Dória
Palmério Dória, 2013
Nascimento 1948 (65–66 anos)
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação jornalista
Principais trabalhos Honoráveis Bandidos ─ Um Retrato do Brasil na Era Sarney (2009)
O Príncipe da Privataria - - a história secreta de como o Brasil perdeu seu patrimônio e Fernando Henrique Cardoso ganhou sua reeleição

Palmério Dória (Santarém, 1948) é um jornalista e escritor brasileiro, ex-diretor da revista Sexy e autor de vários livros, dos quais o mais conhecido trata da ascensão e poder político da família do ex-presidente José Sarney.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Dória nasceu em Santarém, mas foi criado na capital paraense por um padre. Mudou-se para o sul do país e iniciou a carreira jornalística, trabalhando em diversos órgãos de imprensa, como a Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e a revista Caros Amigos. Foi chefe de reportagem da Rede Globo até que, em 1992, passou a dirigir a revista Sexy.[1]

Livros[editar | editar código-fonte]

Dória publicou, entre outros, os seguintes livros:

Referências

  1. a b c d Marianne Piemonte (02/04/2001). Na cama com as celebridades Revista IstoÉ Gente. Visitado em dezembro de 2011.
  2. Rodrigo Alvares (05 de novembro de 2009). Lançamento de livro sobre Sarney acaba em briga no Maranhão O Estado de São Paulo. Visitado em dezembro de 2011.
  3. Livro revela fonte que provou compra de votos pela emenda da reeleição Por Ricardo Mendonça. Folha de S. Paulo, 30 de agosto de 2013


Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.