PanAmSat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A PanAmSat foi fundada em 1984 por Reynold (Rene) Anselmo, era um prestador de serviços por satélite com sede em Greenwich, Connecticut.

História[editar | editar código-fonte]

A PanAmSat efetivamente quebrou o monopólio nas comunicações internacionais via satélite, que era da Intelsat, uma organização baseada em tratado internacional fundada e de propriedade de vários países, incluindo os Estados Unidos. A PanAmSat, liderada por Anselmo, pressionou com sucesso o Congresso dos Estados Unidos para permitir que ela funcionasse no mundo, competindo com a Intelsat.

Após a morte de Rene Anselmo, em 1995[1] a sua viúva Mary Anselmo controlou a empresa por um tempo. Mas, a PanAmSat foi vendida para a Hughes Electronics, uma divisão da General Motors. As operações dos satélites continuaram a estar sob a PanAmSat com a Hughes sendo o acionista majoritário. Em maio de 1997, a Hughes Communication Galaxy fundiu-se coma a PanAmSat, somando mais nove satélites para sua frota. Em 2003, a News Corporation comprou a divisão da PanAmSat da Hughes Electronics e em 24 de abril de 2004 vendeu a mesma para um consórcio de empresas, em uma aquisição alavancada de 4,3 bilhões de US $.

A KKR liderou a aquisição alavancada de 2004 através da compra com uma participação de 44% na empresa. Carlyle e Providence cada um investiu 27% com a administração representando o restante do capital social. O consórcio investiu apenas $ 550 milhões em capital, financiando o restante através de empréstimos bancários e títulos. A transação foi concluída em agosto de [[2004]. Um mês após a compra, a empresa emitiu um adicional de US $ 250 milhões em notas de desconto que foram usados para pagar os dividendos do consórcio. Três meses depois, a PanAmSat apresentou uma oferta pública inicial com a Securities and Exchange Commission (SEC).

Em uma ironia do destino, seus proprietários acabaram vendendo a PanAmSat a sua arquirrival, a Intelsat, em agosto de 2005 por um total de 4,3 bilhões de US $ em um acordo finalmente concluído em julho de 2006. No momento da sua venda, a PanAmSat foi levando operadora do mundo de canais de TV. Em combinação com a Intelsat (que também tinha sido privatizada, em 2000), a nova empresa - chamada Intelsat - é a maior empresa de satélites comerciais do mundo, com uma frota de 53 satélites, servindo mais de 200 países, com cerca de 1.400 funcionários. A sede mundial da empresa está em Washington, DC, sob a liderança do CEO David McGlade.

Em março de 2007, a revista Forbes estimou o patrimônio líquido da viúva de Rene Anselmo, Mary Anselmo, de 1 bilhão de US $. A senhora Anselmo tem 78 anos e mora em Greenwich, Connecticut.[1]

Satélites[editar | editar código-fonte]

Satélite Fabricante Tipo Veiculo de lançamento Data do lançamento Estado Nota
SBS-1 Hughes HS 376 Delta 1 de novembro de 1980 Retirado em janeiro de 1990
SBS-2 Hughes HS 376 Delta 1 de setembro de 1981 Retirado em setembro de 1996
SBS-3 Hughes HS 376 STS-5 11 de novembro de 1982 Retirado em junho de 1995
Galaxy 1 Hughes HS 376 Delta 28 de junho de 1983 Retirado em 1 de abril de 1994
Galaxy 2 Hughes HS 376 Delta 22 de setembro de 1983 Retirado em maio de 1994
SBS-4 Hughes HS 376 STS-41-D 30 de agosto de 1984 Retirado em agosto de 1999
Galaxy 3 Hughes HS 376 Delta 21 de setembro de 1984 Retirado em outubro de 1995
PAS-1 General Electric GE-3000 Ariane 44LP 15 de junho de 1988 Retirado em fevereiro de 2001
SBS-5 Hughes HS 376 Ariane 3 1 de setembro de 1988 Retirado março de 2000
SBS-6 Hughes HS 393 Ariane 44L 1 de outubro de 1990 Ativo
Galaxy 6 Hughes HS 376 Ariane 44L 12 de outubro de 1990 Retirado em feveriro de 2003
Galaxy 5 Hughes HS 376 Atlas I 14 de março de 1992 Retirado em janeiro de 2005
Galaxy 1R Hughes HS 376 Atlas I 22 de agosto de 1992 Lançamento fracassado O lançamento fracassou em 22 de agosto de 1992
Galaxy 7 Hughes HS 601 Ariane 42P+ 28 de outubro de 1992 Falhou em órbita em novembro de 2000
Galaxy 4 Hughes HS 601 Ariane 42P+ 25 de junho de 1993 Falhou em órbita em maio de 1998
Galaxy 1R2 Hughes HS 376 Delta II (7925-8) 19 de fevereiro de 1994 Retirado em 7 de março de 2006
PAS-2 Hughes HS 601 Ariane 44L 8 de julho de 1994 Ativo até dezembro de 2008 Atual Intelsat 2
PAS-3 Hughes HS 601 Ariane 42P 1 de dezembro de 1994 Lançamento fracassado O lançamento fracassou em 1 de dezembro de 1994
PAS-4 Hughes HS 601 Ariane 42L+ 3 agosto de 1995 Ativo Atual Intelsat 4
Galaxy 3R Hughes HS 601 Atlas IIA 15 de dezembro de 1995 Falhou em órbita em março de 2006
PAS-3R Hughes HS 601 Ariane 44L 12 de janeiro de 1996 Ativo Atual Intelsat 3R
Galaxy 9 Hughes HS 376 Delta II (7925) 23 de maio de 1996 Ativo
PAS-6 Space Systems/Loral FS 1300 Ariane 44P 8 agosto de 1997 Falhou em órbita em abril de 2004
PAS-5 Hughes HS 601 HP Proton-K 27 de agosto de 1997 Ativo Atual Intelsat 5
Galaxy 8i Hughes HS 601 HP Atlas IIAS 8 de dezembro de 1997 Retirado em outubro de 2002
PAS-22 Hughes HS 601 HP Proton-K 24 de dezembro de 1997 Retirado em julho de 2002 Antigo AsiaSat 3 e HGS-1
Galaxy 10 Hughes HS 601 High Power Delta III 27 de agosto de 1998 Lançamento fracassado O lançamento fracassou em 26 de agosto de 1998
PAS-7 Space Systems/Loral FS 1300 Ariane 44LP 15 de setembro de 1998 Ativo Atual Intelsat 7
PAS-8 Space Systems/Loral FS 1300 Proton-K 4 de novembro de 1998 Ativo Atual Intelsat 8
PAS-6B Hughes HS 601 HP Ariane 42L 21 de dezembro de 1998 Ativo Atual Intelsat 6B
Galaxy 11 Hughes HS 702 Ariane 44L 22 de dezembro de 1999 Ativo
Galaxy 10R Hughes HS 601 HP Ariane 42L 25 de janeiro de 2000 Retirado em maio de 2008
Galaxy 4R Hughes HS 601 HP Ariane 42L 19 de aril de 2000 Retirado em julho de 2006
PAS-9 Hughes HS 601 HP Sea Launch Zenit-3SL 28 de julho de 2000 Ativo Atual Intelsat 9
PAS-12 Space Systems/Loral FS-1300 Ariane 44LP 29 de outubro de 2000 Ativo Atual Intelsat 12
PAS-1R Hughes HS 702 Ariane 5 G 15 de novembro de 2000 Ativo Atual Intelsat 1R
PAS-10 Hughes HS601 HP Proton 15 de maio de 2001 Ativo Atual Intelsat 10
Galaxy 3C Hughes HS 702 Sea Launch Zenit-3SL 15 de junho de 2002 Ativo
Galaxy 12 Orbital Sciences Corp Star-2 Ariane 5 G 9 de abril de 2003 Ativo
Galaxy 13 Hughes HS 601 HP Sea Launch Zenit-3SL 1 de outubro de 2003 Ativo
Galaxy 14 Orbital Sciences Corp Star-2 Soyuz-FG 13 de agosto de 2005 Ativo
Galaxy 15 Orbital Sciences Corp Star-2 Ariane 5 GS 13 de outubro de 2005 falhou em órbita em abril de 2010[2] WAAS alugado
PAS-11 Orbital Sciences Corp Star-2 Ariane 5 5 de outubro de 2007 Ativo Atual Intelsat 11
PAS-11R Orbital Sciences Corp Star-Bus 2.4 Proton-M 12 de fevereiro de 2010 Ativo Atual Intelsat 16

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências