Pan Ku

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mitologia chinesa
Yin and Yang.svg
 
Primeiros deuses
Shangdi · Tian · Nu Kua
Pan Ku · Yu Huang
Os Três Augustos
Fu Xi · Shennong · Huangdi
Os Cinco Imperadores
Shaohao · Zhuanxu · Ku · Yao · Shun
Divindades de origem taoísta
Os Três Puros · Os Quatro Imperadores
Xi Wangmu · Pak Tai
Xuan Nu · Os Oito Imortais
Divindades de origem budista
Guan Yin · Hotei · Dizang
Yanluo · Shi Tennô

Pan Ku (Chinês Tradicional: 盤古; Chinês Simplificado: 盘古; pinyin: Pángǔ; Wade-Giles: P'an ku) foi o primeiro ser vivo e o criador de tudo que existe segundo a versão mais conhecida do mito da criação na mitologia chinesa.

Mito da criação[editar | editar código-fonte]

Pan Ku

No início não havia nada além do Caos Primordial, o "Vazio". A partir desse Caos um ovo foi chocado por 18 mil anos. O Céu, a Terra e Pan Ku coexistiram em um estado de unidade dentro deste ovo negro. Ao romper o ovo, Pan Ku cria o universo, dando origem ao Céu e a Terra. Separando o Yin Yang com um golpe de machado. Yin , o mais pesado, afunda e torna-se a Terra, enquanto o Yang, mais leve, eleva-se para formar o céu. Pan Ku permaneceu entre eles sustentando o Céu. Após 18 mil anos, Pan Ku descansou:

Hoen-Tsin[editar | editar código-fonte]

Panku também é conhecido como Hoen-Tsin, personagem da mitologia chinesa que representa o caos primordial donde surgiu o céu e a terra. De acordo com a mitologia chinesa, Hoen-Tsin cresceu 30 quilometros por dia durante 11.500 anos. Depois, quando se tornou grande demais para o universo e morreu.