Panama Lewis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carlos "Panama" Lewis (04 de November de 1945) foi um polemico treinador de boxe, que ganhou notoriedade na década de 1980.

Panama Lewis era o treinador de Luis Resto na polêmica luta de Luis contra o promissor e invicto Billy Collins Jr., onde Luis usou luvas com uma camada de argamassa no lugar do enchimento de espuma. Por conta desta luta, Billy teve seu rosto todo deformado, e teve sua carreira prematuramente encerrada. Luis e Panama foram presos por conta deste episódio, e banidos definitivamente do esporte.[1]

Durante décadas Luis e Lewis se disseram inocentes. Eles imputavam a culpa pelas irregularidades a um de seus assistentes, de nome Art Curley. Contudo, em 2009, a HBO lançou o documentário “Assault in the Ring”, em que o pugilista finalmente confessa que ele e seu treinador tinham conhecimento desta falcatrua.[2] Ainda neste documentário, descobre-se que Panama diluia remédios contra asma em água para dar mais resistência a seus atletas nas lutas.

Antes de Luis Resto, Panama havia sido treinador de grandes pugilistas, entre eles o campeão do mundo Aaron Pryor, e estava no mesmo patamar de nomes lendários como Emanuel Steward e Lou Duva.[3]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

Links Externos[editar | editar código-fonte]