Pandia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pandia, na mitologia grega era filha de Selene e Zeus, irmã gêmea das deusas Ersa e Nemea que representavam as faces da lua. Ela era a deusa do brilho da lua, do orvalho, do ano e do eclipse lunar, mas era representada como a lua cheia.

História[editar | editar código-fonte]

Pandia é a filha de Zeus, rei dos deuses, e Selene, a titânide (segunda geração de titãs) da lua. Zeus tinha derrubado os Titãs para o controle do Olimpo e vários dos Titãs foram exilados para o Tártaro, a região mais sombrio do submundo chamado Hades. Alguns dos Titãs haviam se aliado com Zeus na guerra com o Olimpo. Selene, Hélio e Eos fizeram o mesmo, lutaram ao lado do deus do céu. Zeus se viu fortemente atraído pela deusa lunar e desse caso nasceu três belas deusas gêmeas, Pandia, o eclipse lunar, Ersa, o orvalho e Nemea, a lua cheia.

Wiki letter w.svg Este artigo sobre mitologia é mínimo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.