Pando (árvore)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pando ou gigante trémulo (em inglês: The Trembling Giant[1] )foi o nome dado a uma colónia clonal da espécie Populus tremuloides localizada no estado de Utah, Estados Unidos, surgida a partir de um único álamo-trémulo masculino (Populus tremuloides). A partir de marcadores genéticos foi determinado que toda ela forma parte de um único organismo vivo[2] com um sistema massivo de raízes subterrâneas. Estima-se que a planta pese de forma coletiva aproximadamente 6615 toneladas,[3] o que a converte no organismo vivo mais pesado da Terra que se conhece.[4] O sistema de raízes de Pando é considerado como estando entre os organismos vivos mais antigos do mundo, com uma idade aproximada de 80 000 anos.[5] embora o método utilizado para esta estimativa (uma estimativa feita quando as condições climáticas eram menos propícias para a germinação) não esteja suportada pela evidência atual de germinação.[6]

Troncos da colónia clonal Pando

A colónia clonal ocupa 43 hectares, pesando cerca de 6000 toneladas, e conta com 40 milhares de troncos, que morrem individualmente e são substituídos por novos a partir das raízes.[7] A idade média dos troncos é de 130 anos, como indicado pelos anéis de crescimento anual. As raízes têm 80000 anos de idade.[8]

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome "Pando" foi escolhido porque é o termo em latim para a primeira pessoa do singular do indicativo do verbo "espalhar",[1] [9] enquanto que o termo mais popularizado de "gigante trémulo" está relacionado com o nome científico do Populus tremuloides: álamo-trémulo, cujas folhas se agitam frequentemente.


Referências

  1. a b Michael C. Grant. (1993). "The Trembling Giant" (em inglês). Discover 14 (10). Página visitada em 2006-10-08.
  2. Pando, Serviço Nacional de Parques dos E.U.A.
  3. Junta Diretiva do Meio Ambiente da OCDE. (2000). "Consensus Document on the Biology of Populus L. (Poplars)" (em inglês). Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico. Página visitada em 2006-10-08.
  4. Genetic Variation and the Natural History of Quaking Aspen, Jeffry B. Mitton; Michael C. Grant, BioScience, Vol. 46, No. 1. (Jan., 1996), pp. 25-31.
  5. Quaking Aspen, Serviço de Parques Nacionais de Bryce Canyon
  6. Sistema de informação sobre os efeitos do fogo do Serviço Florestal dos E.U.A.: Populus tremuloides botanical and ecological characteristics
  7. Pando. USDA Forest Service. Página visitada em 2013-08-24.
  8. Quaking Aspen. US National Park Service. Página visitada em 2013-08-24.
  9. Divulgação Informativa de Desenvolvimento e Investigação, Serviço Florestal do Departamento de Agricultura dos E.U.A.. (1999). "Quaking in Their Roots: The Decline of Quaking Aspen". Natural Inquirer 2 (1): 7–11 pp.. Departamento de Agricultura dos E.U.A.. Página visitada em 2006-10-08.