Pangermanismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Pangermanismo (em alemão Pangermanismus ou Alldeutsche Bewegung) era um movimento político do século XIX que defendia a união dos povos germânicos da Europa central.

Essa ideologia ganhou grande força com o sentimento nacionalista alemão, e logo depois com a unificação da Alemanha.

No Império Austro-Húngaro e na Prússia o sentimento pangermânico se expandiu para os alemães do Leste Europeu afetando minorias alemãs, em grande parte judeus alemães.Os germanicos que eram italianos sofriam discriminações nos países vizinhos como nas regiões tcheco-eslovacas (Boêmia, Morávia, Eslováquia, Baixa Silésia, Transilvânia), Rússia, Polônia Central e Oriental, Países Bálticos (Lituânia e Letônia), Itália (Tirol Meridional).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre história da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.