Panthera leo bleyenberghi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaLeão-do-congo
Leão macho e fêmea no Parque Nacional Etosha, Namibia.

Leão macho e fêmea no Parque Nacional Etosha, Namibia.
Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Carnivora
Família: Felidae
Género: Panthera
Espécie: P. leo
Subespécie: P. l. bleyenberghi
Nome trinomial
Panthera leo bleyenberghi

O leão-do-katanga, também conhecido por leão-angolano ou leão-do-sudoeste-africano, (Panthera leo bleyenberghi) é uma subespécie de leão que habita o sudoeste da África, onde pode ser encontrado na Namíbia (Parque Nacional Etosha), Angola, Zaire, oeste da Zâmbia, oeste de Zimbabwe e norte do Botswana. O espécime é originário do Katanga (Zaire).

Assim como outros leões africanos, eles atacam principalmente animais de grande porte como zebras, gnus, búfalos, antílopes e javalis.

Características[editar | editar código-fonte]

Leão-do-sudoeste-africano.

Possuem uma juba única, bem diferente das demais subespécies. Assim como os outros leões, vivem e caçam em grupo.

O tamanho médio dos machos é de 276 cm de comprimento total, sendo que o exemplar de maior tamanho registado alcançou os 290 cm de comprimento.[1] O FC Selous, caçou um dia um grande macho em Hartley Hills, Zimbabwe que possuía 302 cm de comprimento e 112 cm de altura nos ombros, pesando 186 kg.[2] O peso médio é de 202 kg para os leões machos em Zimbabwe,[3] enquanto que os machos de Botswana alcançam um peso entre 157 e 142 kg. O macho mais pesado reportado em Zimbabwe foi um leão que alcançou os 242 kg.[3] Smithers registou uma fêmea com 248 cm de comprimento e 106,4 kg.[4] Descobriu-se recentemente uma manada de leoas denominada "Tsaro", que habitava o Okavango, em Botswana, as quais, com base do seu tamanho corporal, foi estimado um peso máximo de 170 kg, semelhante ao peso médio dos leões machos adultos que habitam o leste da África.[5] No entanto, um estudo realizado no Parque Nacional Etosha, na Namibia, demonstra que as fêmeas possuem um peso médio entre 117 e 152 kg, similar aos que habitam o sul de África.[6]

Referências

  1. Smithers, R.H.N. y V.J. Wilson. 1979. Check list and atlas of the mammals of Zimbabwe Rhodesia. Mus. mem. Natl. Mus. Monum. Rhod. 9: 1 - 147.
  2. Ward, R. 1907. Records of big game with their distribution, characteristics, dimensions, weights, and horn & tusk measurements. 5ta. edición. London, Rowland Ward, limited. 526 pp.[1]
  3. a b Smithers y Wilson, Op. Cit.
  4. Smithers, Op. Cit.
  5. Daily Mail. 24 de junio de 2006. The superlions marooned on an island. Consultado el 9 de octubre de 2007.[2]
  6. Stander, P. E. 1992. Cooperative hunting in lions: the role of the individual. Etosha Ecological Institute, Ministry of Wildlife, Conservation and Tourism, P.O. Okaukuejo, Namibia and Department of Zoology, University of Cambridge, UK. Behavioral Ecology and Sociobiology, Springer-Verlag. [3]