Paparazzo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fotógrafos paparazzi

Paparazzo1 (no plural, paparazzi) é uma palavra da língua italiana utilizada para se designar os repórteres que fotografam pessoas famosas sem autorização, expondo em público as atividades que eles fazem em seu cotidiano.

Normalmente, o paparazzo é um repórter fotográfico bastante indiscreto e comumente se torna alvo da fúria das celebridades que são flagradas fazendo algo fora do comum, ou mesmo durante um gesto mais informal. Após conseguir as fotografias os paparazzi podem vendê-las a imprensa por valores significativos (que podem variar em função da fama da celebridade e da situação que se encontrava no momento em que foi fotografada).

O termo deriva de uma metáfora e uma sinédoque do escritor Ennio Flaiano descrevendo fotógrafos, comparando a lente da câmera à abertura e fechamento das válvulas de moluscos, que são chamadas, no dialeto abruzzese, de "Paparazze", se referindo, por extensão, à pessoa por trás da câmera.[carece de fontes?] Haveria, ainda, um grande mosquito siciliano denominado "paparaceo"[carece de fontes?]}.2

A palavra foi popularizada no cinema. No filme La dolce vita (1960), de Federico Fellini, o jornalista Marcello Rubini (representado por Marcello Mastroianni) era acompanhado pelo fotógrafo Signore Paparazzo (Walter Santesso).

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, um dos mais antigos paparazzi é o carioca Carlos Sadicoff. Ele começou sua carreira de fotógrafo de celebridades em meados da década de 1980, e tem em seu currículo fotos reproduzidas em jornais do exterior, particularmente os tabloides ingleses "The Sun" e "Daily Mirror".3

Paparazzo na cultura popular[editar | editar código-fonte]

  • Paparazzi, filme relacionado à vida de um astro de cinema que é perseguido por paparazzi inescrupulosos.
  • Em agosto de 1997, a princesa Diana foi morta em uma perseguição de paparazzi.

Referências

  1. Dicionário escolar da língua portuguesa/Academia Brasileira de Letras. 2ª edição. São Paulo. Companhia Editora Nacional. 2008. p. 945.
  2. CABRAL, Bruno Fontenele. "Paparazzi": considerações sobre o direito à privacidade das celebridades ("right to privacy") nos Estados Unidos. Jus Navigandi, Teresina, ano 16, nº 2759, 20 jan. 2011. Disponível em: <http://jus.com.br/artigos/18312>. Acesso em: 16 ago. 2013.
  3. MONTEIRO, Karla. (2007). Sombras da fama. "Revista O Globo". 22 de abril de 2007. P.25.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Paparazzo