Papaverina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química de Papaverina
Papaverina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
1-[(3,4-dimethoxyphenyl)methyl]- 6,7-dimethoxy-isoquinoline
Identificadores
CAS 61-25-6
ATC A03AD01
PubChem 4680
DrugBank APRD00628
Informação química
Fórmula molecular C20H21NO4 
Massa molar 339.385 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade  ?
Ligação a proteínas ~90%
Metabolismo Hepático
Meia-vida  ?
Excreção Renal
Considerações terapêuticas
Administração Oral, intravenoso, intramuscular, retal, intracavernosa (pênis)
DL50  ?

Papaverina é um alcalóide verdadeiro com núcleo isoquinolínico derivado do aminoácido tirosina. É extraído da Papaver somniferum mas sua ação difere da morfina e outros opioides similares, é utilizada pela medicina como espamolítico, vasodilatador e no tratamento de impotência masculina.[1] [2]

A Papaverina foi descoberta em 1848 por Georg Merck (1825-1873).[3] No Brasil essa substancia faz parte de um medicamento Indicado como medicação analgésica e antiespasmódica, composta a partir de extratos vegetais (Atropa belladonna, Hyoscyamus niger e Boldus boldus) associado à Dipirona.[4]

Tratamento de impotência[editar | editar código-fonte]

O tratamento é feito através de injeção no próprio pênis,[5] podendo ocorrer o risco de fibrólise peniana.[6]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.