Papila dérmica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Papilas dérmicas são saliências presentes na camada dérmica da pele, mais precisamente na camada papilar da derme. Ela é composta de fibroblastos especializados localizados na base do folículo, as células que recobrem a papila formam a raiz do pelo, supõe-se que controla o número de células da matriz.[1] Servem para aumentar a área de contato entre a derme e a epiderme. São irrigadas por vasos e veias, e contêm também receptores sensoriais.

Referências

  1. A Papila dérmica (em português). Portal Educação. Página visitada em 04 de julho de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.