Paraisópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Paraisópolis
"Paraiso"
Bandeira de Paraisópolis
Brasão de Paraisópolis
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 25 de janeiro de 1873
Gentílico paraisopolense (uso atual), paraisopolitano (em desuso)
Prefeito(a) Wagner Ribeiro de Barros (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Paraisópolis
Localização de Paraisópolis em Minas Gerais
Paraisópolis está localizado em: Brasil
Paraisópolis
Localização de Paraisópolis no Brasil
22° 33' 14" S 45° 46' 48" O22° 33' 14" S 45° 46' 48" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008[1]
Microrregião Itajubá IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Conceição dos Ouros, Brasópolis, São Bento do Sapucaí (SP), Gonçalves, Camanducaia, Córrego do Bom Jesus e Consolação.
Distância até a capital 420 km
Características geográficas
Área 331,510 km² [2]
População 19 392 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 58,5 hab./km²
Altitude 1090 metros - Região Central m
Clima tropical de altitude Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,779 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 282 173,913 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 062,13 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.paraisopolis.mg.gov.br

Paraisópolis é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, na microrregião de Itajubá. Localizada na Serra da Mantiqueira, sua população recenseada em 2010 era de 19.392 habitantes. A área é de 331,5 km² e a densidade demográfica de 58,5 hab/km².

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Suas principais atividades econômicas são: indústrias de autopeças, agricultura, pecuária e o comércio. O município conta com boa infra-estrutura, estando ligada por meio de boas rodovias ao estado de São Paulo e também a importantes municípios mineiros, como Itajubá e Pouso Alegre.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

A principal rodovia que corta o município é a MG-173. Outra importante rodovia que corta a cidade é a MG-295.

Relevo[editar | editar código-fonte]

No relevo, Paraisópolis se encontra localizada em área muito acidentada, nos contrafortes da serra da mantiqueira. Do lado sul da cidade encontramos o Pico do Machadão, com 1800 metros de altitude, onde se encontram a represa do Brejo Grande, lago artificial mais alto do Brasil, e também a pedra do Machadão, local este onde se situam os repetidores do sinal de TV da cidade. De lá é possível a visualização de toda a região, inclusive com a vista da cidade de Pouso Alegre, em dias de boa visibilidade. A altitude favorece também a visualização de outros pontos turísticos desta região da Mantiqueira, como a Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí, Pedra de São Domingos, Pedra do Forno, em Gonçalves, Pico dos Marins, em Delfim Moreira, etc. À leste da cidade se localiza a Serra dos Pereiras, onde a Embratel possui uma antena repetidora de sinais, na divisa com o município de Brazópolis e pouco mais a sudeste, a Serra do Cantagalo, na divisa com São Bento do Sapucaí. Sua altitude mínima é de 963 m acima do nível do mar, na foz do ribeirão das caveiras, e seu ponto culminante é a Pedra de São Domingos, na Serra da Embira Branca com 2.050 metros de altitude, monumento natural que divide os municípios de Paraisópolis, Camanducaia, Gonçalves e Córrego do Bom Jesus.[carece de fontes?]

Seus municípios limítrofes são Conceição dos Ouros a norte, Brazópolis a leste, São Bento do Sapucaí (SP) a sudeste, Gonçalves a sul, Camanducaia a sudoeste, Córrego do Bom Jesus a oeste e Consolação a noroeste.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.