Paranoid Android

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Paranoid Android"
Single de Radiohead
do álbum OK Computer
Lançamento 1997
Formato(s) 7", CD
Gênero(s) Rock alternativo
Duração 6 min 23 s
Gravadora(s) Parlophone
Composição Thom Yorke
Produção Nigel Godrich, Radiohead
Cronologia de singles de Radiohead
Último
Último
"Street Spirit (Fade Out)"
(1996)
"Karma Police"
(1997)
Próximo
Próximo

"Paranoid Android" é o segundo single do álbum de 1997 OK Computer, da banda britânica Radiohead. Foi lançado em 1997. O título é uma referência a Marvin, o Andróide Paranóide, uma personagem deprimida da obra de Douglas Adams The Hitchhiker's Guide to the Galaxy.

A canção foi gravada na mansão do século XV da actriz Jane Seymour, que Thom Yorke, vocalista da banda, pensava estar assombrada.[1] Yorke referiu-se à canção como sendo sobre "as pessoas mais aborrecidas ao cimo da Terra"[1] e "sobre caos".[2] A música surgiu da aglutinação de três partes diferentes, originalmente planeadas como três canções distintas, e foi inspirada após uma cena ocorrida num bar em Los Angeles onde Thom Yorke se encontrava: numa atmosfera cheia de pessoas pretensiosas e falsas, uma mulher irrita-se após alguém despejar um copo de vinho no seu vestido.[2] A reacção exagerada da mulher inspira a passagem "[…] squealing Gucci little piggy […]" ("porquinho berrador [num vestido] Gucci").[2] A música também é conhecida por seu unusual compasso de 7/4

Referências

  1. a b Paranoid Android Rolling Stone (9 de Dezembro de 2004). Página visitada em 1 de Outubro de 2008.
  2. a b c Paranoid Android At Ease Web. Página visitada em 1 de Outubro de 2008.
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.