Pardal-doméstico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPardal-doméstico
Macho

Macho
Fêmea? Chilreio
Fêmea
Loudspeaker.svg? Chilreio
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Passeridae
Género: Passer
Espécie: P. domesticus
Nome binomial
Passer domesticus
(Linnaeus, 1758)
Distribuição geográfica
Distribuição do pardal: as áreas em verde escuro são as áreas de ocorrência original, a verde clara as áreas onde foi introduzido.
Distribuição do pardal: as áreas em verde escuro são as áreas de ocorrência original, a verde clara as áreas onde foi introduzido.

O pardal-doméstico (Passer domesticus) é uma ave da família Passeridae. A sua distribuição geográfica compreendia, originalmente, a maior parte da Europa e da Ásia, tendo sido introduzido acidental ou propositadamente na maioria da América, África subsariana, Austrália e Nova Zelândia. É actualmente a espécie de ave com maior distribuição geográfica no mundo.[1]

Onde se encontra[editar | editar código-fonte]

O pardal-doméstico está muito ligado às habitações humanas, e encontra-se vulgarmente perto de qualquer aglomerado habitacional humano, perto dos quais esta ave se reproduz facilmente.

Onde nidifica[editar | editar código-fonte]

Ovos de Passer domesticus domesticus - MHNT

Faz os seus ninhos debaixo de telhas, em buracos, cavidades, etc.

Aspecto morfológico[editar | editar código-fonte]

Trata-se de um animal com entre cerca de 14–16 cm de comprimento. O macho da espécie possui uma coroa, bochechas e parte inferior do corpo cinzentas e é preto na garganta, parte de cima do peito e entre o bico e os olhos. Durante o Verão o bico torna-se azul, quase negro, e as pernas castanhas. No Inverno, a cor da plumagem é esbatida por tons pálidos e o bico adquire uma cor castanho-amarelada.

A fêmea não possui cor preta na cabeça ou garganta, nem coroa cinzenta. A sua parte superior é raiada de castanho. Os juvenis possuem uma cor ainda mais castanha que a fêmea, e o branco é substituído por cor de couro, sendo o seu bico amarelo pálido.

O pardal-doméstico é, por vezes, confundido com o mais pequeno e esbelto pardal-montês, que, no entanto, possui uma coroa castanha e não cinzenta, duas barras de cor distintas nas asas e uma mancha preta em cada bochecha.

Commons
O Commons possui multimídias sobre Pardal-doméstico

Referências

  1. (em inglês) BirdLife International (2008). Passer domesticus. 2008 Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. IUCN 2008. Obtido em 20 de dezembro de 2008.

Guilherme, E. On the arrival of the house sparrow (Passer domesticus) in southwestern Brazilian Amazon, 3, Melopsittacus, 2000, p. 171-172.

Guia das aves, Mike Elerett, editorial estampa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre aves passeriformes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.