Parks and Recreation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
TV Future Icon.svg
Parks and Recreation é uma série em exibição.
As informações podem mudar rapidamente. Editado pela última vez em 30 de outubro de 2014.
Parks and Recreation
Parks and Recreation
Informação geral
Formato Sitcom
Género Comédia de situação
Pseudodocumentário
Sátira política
Duração 30 minutos (com comerciais)
Criador(es) Greg Daniels
Michael Schur
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Greg Daniels
Seth Gordon
Jeffrey Blitz
Michael McCullers
Beth McCarthy-Miller
Michael Schur
Paul Feig
Jason Woliner
Alex Hardcastle
Charles McDougall
Dean Holland
Troy Miller
Millicent Shelton
Randall Einhorn
Ken Kwapis
Jason Woliner
Tristram Shapeero
Michael Trim
Ken Whittingham]]
Produtor(es) Morgan Sackett
Amy Poehler
Elenco Amy Poehler
Rashida Jones
Aziz Ansari
Nick Offerman
Aubrey Plaza
Paul Schneider
Chris Pratt
Adam Scott
Rob Lowe
Jim O'Heir
Retta
Exibição
Emissora de
televisão original
NBC
Formato de exibição HDTV 1080i
Transmissão original 9 de Abril de 2009 - presente
N.º de temporadas 6
N.º de episódios 112 (lista de episódios)
Cronologia
Programas relacionados Community
30 Rock

Parks and Recreation é uma série de televisão norte-americana de comédia de situação criada pelo argumentista e diretor Greg Daniels e pelo produtor Michael Schur, e exibida na rede de televisão National Broadcasting Company (NBC). Parks and Recreation retrata a vida de Leslie Knope, interpretada por Amy Poehler, a vice-diretora do Departamento de Parques e Recreação da cidade ficcional de Pawnee, localizada no estado do Indiana. Esta série é produzida pelas empresas Deedle-Dee Productions, Schur Films, Polka Dot Pictures, Fremulon, e 3 Arts Entertainment, em associação com a NBC Universal.

As histórias da série são contadas em forma de um documentário fictício, e durante as filmagens os personagens aparecem dando suas opiniões sobre o assunto debatido.

Em 2013 foi confirmado que a sétima temporada será a última e estreia na mid season americana em 2015.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A série é em formato de um documentário, que segue Leslie Knope (Amy Poehler), burocrata do Departamento de Parques, em uma missão que deveria ser simples, ajudar a enfermeira Ann Perkins (Rashida Jones) a transformar uma construção abandonada em um parque comunitário, mas Leslie encontra dificuldades, como vizinhos mal-humorados, imobiliários corruptos, e o próprio processo burocrático, que tanto defende. Leslie contará com a ajuda de Tom Haverford (Aziz Ansari), que se aproveita de sua posição em um cargo público para conseguir favores pessoais. Também será atrapalhada por Ron Swanson (Nick Offerman), um liberal que odeia o governo e assume o perfil de um americano clássico.[1]

Leslie também contará com Mark Brendanawicz (Paul Shneider), funcionário com 15 anos de prestação de serviços públicos, April Ludgate (Aubrey Plaza), estagiária desinteressada e um tanto esquisita.[1]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Depois de ser nomeado presidente da NBC, em 2007, Ben Silverman pediu a Greg Daniels para criar um spin-off da série de televisão "The Office".[2] No entanto, em vez de fazer um spin-of Daniels decidiu com Michael Schur - guionista de "The Office" - fazer uma série independente.[3] Uma das primeiras ideias que tiveram era para fazer a série sobre um funcionário do governo que tenta reconstruir sua carreira política depois de um espetáculo público embaraçoso. Embora eles rejeitaram a idéia foi mais tarde usado ao criar o personagem de Ben Wyatt.[4] Depois de Amy Poehler ser contratada, Daniels e Schur decidiram que a série iria incidir sobre um funcionária pública otimista de uma cidade pequeña.[2] Os criadores foram inspirados pela forma como a política foi mostrado na série "The Wire", bem como o otimismo que surgiu nos Estados Unidos após a eleição presidencial de 2008.[5]

Originalmente, a série foi produzida pela Deedle-Dee Productions e Universal Television na sua primeira temporada,[6] , mas que seria necessário até que as seguintes empresas como Fremulon e 3 Arts Entertainment, eventualmente, são envolvidos com a série.

Audiência[editar | editar código-fonte]

Mesmo a série estando quase sempre na bolha(tanto pode ser cancelada,quanto renovada)podemos considerar a série bem sucedida ,comparando com as outras comedias do canal.Audiência da série é sempre modesta e mesmo assim consegue sempre ser renovada.A série,em termos de audiência,é muito parecida com Community

Temporadas e episódios[editar | editar código-fonte]

A série está no ar desde 2009. Em 21 de setembro de 2012 iniciou-se a 5ª temporada da série. [7]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em sua 1ª temporada, Parks and Recreation teve recepção mista por parte da crítica especializada. Com base de 25 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 59% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 7.6, usada para avaliar a recepção do público.[8]

Referências

  1. a b NBC-Parks And Recreation About (em inglês). Página visitada em 22 de Abril de 2011
  2. a b Itzkoff, Dave (26 de marzo de 2009). It’s Not ‘The Office.’ The Boss Is a Woman (em inglés) The New York Times. Visitado em 10 de febrero de 2013.
  3. The Poehler Effect (em inglés) New York Magazine (5 de abril de 2009). Visitado em 10 de febrero de 2013.
  4. Snierson, Dan (2011), "The 101 Reasons We Love Parks and Recreation", Entertainment Weekly (1142): 43–49 
  5. Making bureaucracy work: How NBC's 'Parks and Recreation' overcame bad buzz (em inglés) Los Angeles Times (18 de noviembre de 2009).
  6. Alessandra Stanley (8 de abril de 2009). Misguided, She Yearns to Guide (em inglés) The New York Times.
  7. Internet Movie Database (IMDb) Lista de Episódios de Parks and Recreation Página visitada em 15 de Março de 2011
  8. Parks and Recreation (em inglês) Metacritic. Visitado em 14 de setembro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]