Parque Nacional de Phong Nha-Kẻ Bàng

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.
Pix.gif Parque Nacional de Phong Nha-Ke Bang *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Phongnhacave.jpg
Caverna de Tiên Sơn
País  Vietname
Critérios (viii)
Referência 951
Coordenadas 17° 32′ N 106° 9′ E(Quang Binh, Vietname)
Histórico de inscrição
Inscrição 2003  (27ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Phong Nha-Ke Bang é um parque nacional na província vietnamita de Quang Binh. O parque está 50 km a norte de Dong Hoi, 450 km a sul de Hanói, e foi reconhecido em 2003 como sítio de Património Mundial Natural pela UNESCO.[1] As formações cársticas do local evoluíram desde o Paleozoico (há cerca de 400 milhões de anos), e é a mais antiga grande área cárstica na Ásia. Sujeita a enormes alterações tectónicas, a paisagem cárstica do parque é extremamente complexa com muitas características geomorfológicas de considerável significado. A vasta área, estendendo-se até à fronteira Laos-Vietname, contém espetaculares formações, incluindo 65 km de cavernas e rios subterrâneos.

Foi reconhecido património mundial, aquando da 27.ª sessão plenária do Comité internacional do património mundial da UNESCO, realizada entre 30 de junho e 5 de julho de 2003 em Paris. O parque nacional de Phong Nha-Kẻ Bàng foi reconhecido pela UNESCO pois "apresenta um número impressionante de testemunhos da história da Terra" e "situa-se num sítio de importância considerável para melhorar os nossos conhecimentos da história geológica, geomorfológica e geocronológica da região". O parque figura entre uma lista de 174 bens naturais repartidos nos 186 estados que têm ratificado a convenção do património mundial da UNESCO.[2]

Em abril de 2009, investigadores britânicos descobriram a maior caverna do mundo no Vietname, chamada "Seu Dông". De acordo com o jornal The Daily Telegraph, a cavidade teria 200 metros por 150 metros, ou seja duas vezes as dimensões da maior caverna descoberta antes desta, situada na Malásia. É uma caverna com 6,5 km de comprimento. Os exploradores identificaram em Phong Nha-Ke Bàng um total de 20 cavidades, com comprimento acumulado de cerca de 36 km, levando o número de sítios espeleológicos da região para 150. O sistema das cavernas de Phong Nha estende-se por um comprimento total de 62 km, de acordo com o novo número fornecido pelos exploradores britânicos.[3] [4]

O território do parque é uma das duas maiores regiões de pedra calcária do mundo e o sítio tem várias centenas de cavernas e grutas. Os corredores subterrâneos longos são adornados com estalactites e estalagmites..[1] [5] Em 2005, uma nova espécie de lagartixa foi descoberta aqui.[6]


História de exploração[editar | editar código-fonte]

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

As cavernas[editar | editar código-fonte]

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

Fauna e flora[editar | editar código-fonte]

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O parque é acessível pela estrada (estrada 1A ou pela estrada de Ho Chi Minh e está a 450 km a sul de Hà Nội, 50 quilómetros a norte de Dong Hoi e a 210 km de Huế); por via férrea é servido pela estação de Đồng Hới; por via aérea graças ao Aeroporto de Dong Hoi (aeroporto internacional Nội Bài em Hà Nội e Aeroporto Internacional Tan Son Nhat na cidade de Ho Chi Minh até ao verão de 2009). O número de turistas aumentou consideravelmente desde que o parque foi classificado pela UNESCO.[7]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Anon. (1993). Management plan of Phong Nha Nature Reserve Quang Binh province. Unpublished report to Ministry of Forestry, Hanoi.
  • Cao Văn Sung & Le Quy An (eds.). (1998). Environment and Bioresources of Vietnam. Gioi Publishers, Hanoi.
  • Eames J. C., Lambert F. R. and Nguyen Cu. (1995). Rediscovery of the Sooty Babbler Stchyris herberti in central Vietnam. Bird Conservation International. 5: 129- 135.
  • Le Xuan Canh, Truong Van La, Dang thi Dap, ho Thu Cuc, Ngo Anh Dao, Nguyen Ngoc Chinh, Vu Van Dung, Pham Hnat, Nguyen Tahia Tu, Nguyen Quoc Thang and Tran Minh Hien. (1997). A report of field surveys on Biodiversity in Phong Nha Ke Bang forest (Quang Binh Province, central Vietnam). IEBR / FIPI / Forestry College / University of Vinh / WWF Indochina Programme. Unpublished.
  • Nadler, T. (1996-1997). Black langur rediscovered. Asian Primates 6 (3 & 4): 10-12.
  • Nguyen Binh. (1961). Brief Introduction of Mountainous Minority People of Quang Binh Province. Ethnology 23, Hanoi.
  • Nguyen Quang My and Howard Limbert. (1993). Tropical Karst in Vietnam. Hanoi University.
  • Nguyen Quang My & Limbert, Howard. (2002). Ky Quan Hang Dong Vietnam (The Wonders of Vietnamese Caves). Trung Tam Ban Do Va tranh Anh Giao Duc, Hanoi.
  • Nguyen Quoc Loc, (1984). The Minority Ethnic Groups of Binh Tri Thien Province. Thuan Hoa Publishing House.
  • Nguyen Xuan Dang, Pham Nhat, Pham Trong Anh, Hendrichsen, D. K. (1998). Ket qua dieu tra nghien cuu khu he thu o Phang Nha - Ke Bang (survey results of fauna in Phong Nha-Ke Bang). FFI Indochina Programme/IEBR, Hanoi. In Vietnamese.
  • Ovel, C. and Nguyen Thi Dao. (1998). LINC: linking Him Namno and Phong Nha through parallel conservation: phase 1 Phong Nha Ke-Bang Nature Reserve, Vietnam Draft project document. WWF Indochina Programme, Hanoi.
  • Pham Khang. (1985). The development of karst landscapes in Vietnam. Acta Geologica Polonica. 35 (3-4). pp 305–319.
  • Pham Nhat, Do Tuoc and Truong Van La. (1996-1997). Preliminary Survey for the Hatinh Langur in north-central Vietnam. Asian Primates 6 (3 & 4): 13-17.
  • Lippold, L. K. (1993). Distribution and status of the Douc Langurs in Vietnam. Asian Primates 5 (1 & 2): 4-6.
  • Meijboom, M. & Ho Thi Ngoc Lanh. (2002). He Dong - Thuc Vat / O Phong Nha - Ke Bang Va Hin Namno. Phong Nha-Ke Bang National Park with WWF, Hanoi.
  • Pham Nat, Do Tuoc, Truon Van La. (1995). A survey for Hatinh Langur (Trachypithecus francoisi hatinhensis) in North Central Vietnam. WWF/PCT.
  • Timmins, R. J., Do Tuoc, Trinh Viet Cong and D. K. Hendrichson. (1999). Preliminary Assessment of the Conservation Importance and Conservation Priorities of the Phong Nha-Ke Bang Proposed National Park, Quang Binh Province, Vietnam. Fauna and Flora International - Indochina Programme, Hanoi.
  • Wikramanayake, E.D. et al. (2002). Terrestrial Ecoregions of the Indo-Pacific: A conservation Assessment. Island Press, New York. ISBN 1-55963-923-7

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Parque Nacional de Phong Nha-Kẻ Bàng