Parque Nacional do Simien

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Parque Nacional de Simien *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Semien Mountains 02.jpg
País  Etiópia
Critérios (vii)(x)
Referência 9
Coordenadas 13° 11′ N 38° 4′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 1978 (Lista do Património Mundial do Perigo:1996(? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Parque Nacional do Simien

O Parque Nacional de Simien é um parque nacional da Etiópia. Ele foi declarado património mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura em 1978.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O parque foi criado primeiramente para proteger o Walia Abyssinian Ibex (um tipo de cabra selvagem). Atualmente, mais de mil exemplares da espécie vivem no parque. Além dessa espécie, vivem, no parque, o lobo-etíope e o gelada - todos endêmicos da Etiópia -, assim como o babuíno-sagrado, o antílope-salta-rochas, o duiqueiro-de-grimm, a hiena, o chacal e o bauala.

Situado poucos quilômetros a nordeste da cidade de Gondar, o parque cobre 179 quilômetros quadrados de área montanhosa, com uma elevação média de 3 300 metros. O Monte Ras Dashen, que é o quarto mais alto do continente e o mais alto da Etiópia, com 4 620 metros, está localizado nas adjacências do parque. As escarpas de Simien são frequentemente comparadas ao Grand Canyon dos Estados Unidos. O parque tem 3 regiões botânicas. As terras baixas são cultivadas e gramadas, enquanto que as regiões altas (acima de 3 600 metros) são montanhas com campos gramados e florestas, embora muitas destas tenham desaparecido.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]