Partido Conservador (Reino Unido)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Conservador Do Reino Unido
Conservative and Unionist Party
Líder David Cameron
Presidente Sayeeda Warsi
Fundação 1678 (Tory)
1912 (moderno)
Sede Millbank Tower, Londres
Membros  (2013) Baixa 134.000 [1]
Afiliação internacional IDU
Grupo no Parlamento Europeu Conservadores e Reformistas europeus
Câmara dos Comuns
304 / 650
Câmara dos Lordes
208 / 764
Assembleia de Londres
9 / 25
Parlamento Europeu
25 / 73
Governo local[2]
8 544 / 21 871
Policia e Comissários de Policia
16 / 41
Espectro político Centro-direita
Cores      Azul
Site conservatives.com

O Partido Conservador e Unionista (em inglês: Conservative and Unionist Party), comumente conhecido como Partido Conservador (Conservative Party) é um partido político conservador do Reino Unido. Data, em sua forma atual, do início do século XIX, e historicamente tem sido o principal partido da direita naquele país, embora na atualidade tanto o partido quanto seus eleitores sejam mais associados com o centro-direita.[3]

O Partido Conservador descende do histórico Partido Tory (Tory Party), fundado em 1678, fervorosos apoiantes da coroa britânica, cujos rivais eram os Whigs, e devido a esta descendência o partido ainda é conhecido como tal, e seu membros e eleitores como tories. O apoio à monarquia é ainda hoje uma matriz dos conservadores. O Partido Conservador esteve no governo por dois terços do século XX, e neste momento encontra-se no governo em coligação com o Partido Liberal Democrata liderado por Nick Clegg.

O Partido Conservador é o maior partido político do país em termos de membros do parlamento, o maior em termos de afiliados, e o maior em termos de representantes em governos locais. O actual líder do partido é David Cameron, que actua como Primeiro-ministro do Reino Unido.

Nos meses entre julho e setembro de 2008, o Partido Conservador recebeu pouco mais de quatro milhões de libras, comparados com pouco mais de 7,5 milhões recebidos pelo Partido Trabalhista, e declarados à Comissão Eleitoral em 26 de novembro daquele ano. Os conservadores também possuem uma dívida de 12,1 milhões de libras, comparados com os 15,7 milhões dos trabalhistas e 1,13 milhão dos liberais-democratas.[4]

Personagens do Partido Conservador[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Revealed: Almost half of Tory members have quit the party since David Cameron became leader in 2005 - UK Politics - UK. The Independent (2013-18-09). Acessado em 18 de setembro de 2013.
  2. "Local Council Political Compositions", Keith Edkins, 24 June 2013. Página visitada em 1 de outubro de 2013.
  3. "Tories secure centre-right deal", BBC.co.uk, 30 June 1999.
  4. The Electoral Commission (26 de agosto de 2008). New figures published showing political parties’ donations and borrowing. Página visitada em 3-1-2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.