Partido Conservador (Reino Unido)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Conservador
Conservative and Unionist Party
Líder David Cameron
Presidente Grant Shapps
Fundação 1678 (Tory)
1912 (moderno)
Sede Millbank Tower, Londres
Ideologia Conservadorismo liberal
Libertarianismo
Thatcherismo
Membros  (2013) Baixa 134.000 [1]
Afiliação internacional IDU
Grupo no Parlamento Europeu Conservadores e Reformistas europeus
Câmara dos Comuns
304 / 650
Câmara dos Lordes
208 / 764
Assembleia de Londres
9 / 25
Parlamento Europeu
25 / 73
Governo local[2]
8 544 / 21 871
Policia e Comissários de Policia
16 / 41
Espectro político Centro-direita
Cores      Azul
Site
conservatives.com

O Partido Conservador e Unionista (em inglês: Conservative and Unionist Party), comumente conhecido como Partido Conservador (Conservative Party) é um partido político conservador do Reino Unido. Data, em sua forma atual, do início do século XIX, e historicamente tem sido o principal partido da direita naquele país, embora na atualidade tanto o partido quanto seus eleitores sejam mais associados com o centro-direita.[3]

O Partido Conservador descende do histórico Partido Tory (Tory Party), fundado em 1678, fervorosos apoiantes da coroa britânica, cujos rivais eram os Whigs, e devido a esta descendência o partido ainda é conhecido como tal, e seu membros e eleitores como tories. O apoio à monarquia é ainda hoje uma matriz dos conservadores. O Partido Conservador esteve no governo por dois terços do século XX, e neste momento encontra-se no governo em coligação com o Partido Liberal Democrata liderado por Nick Clegg.

O Partido Conservador é o maior partido político do país em termos de membros do parlamento, o maior em termos de afiliados, e o maior em termos de representantes em governos locais. O atual líder do partido é David Cameron, que actua como Primeiro-ministro do Reino Unido.

Nos meses entre julho e setembro de 2008, o Partido Conservador recebeu pouco mais de quatro milhões de libras, comparados com pouco mais de 7,5 milhões recebidos pelo Partido Trabalhista, e declarados à Comissão Eleitoral em 26 de novembro daquele ano. Os conservadores também possuem uma dívida de 12,1 milhões de libras, comparados com os 15,7 milhões dos trabalhistas e 1,13 milhão dos liberais-democratas.[4]

Personagens do Partido Conservador[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Revealed: Almost half of Tory members have quit the party since David Cameron became leader in 2005 - UK Politics - UK. The Independent (2013-18-09). Acessado em 18 de setembro de 2013.
  2. "Local Council Political Compositions", Keith Edkins, 24 June 2013. Página visitada em 1 de outubro de 2013.
  3. "Tories secure centre-right deal", BBC.co.uk, 30 June 1999.
  4. The Electoral Commission (26 de agosto de 2008). New figures published showing political parties’ donations and borrowing. Visitado em 3-1-2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.