Partido Democrático da Albânia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Partido Democrático da Albânia
Partia Demokratike e Shqipërisë
Logo-DemocraticPartyAlbania.svg
Líder Sali Berisha
Fundação 1990
Sede Tirana,  Albânia
Ideologia Europeísmo
Conservadorismo liberal
Neoliberalismo
Afiliação internacional União Internacional Democrata
Internacional Democrata Centrista
Afiliação europeia Partido Popular Europeu
Cores Azul
Site www.pd.al/

O Partido Democrático da Albânia (em albanês: Partia Demokratike e Shqipërisë (sigla: PDS)) é um partido conservador de centro-direita da Albânia.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundado em 1990 por Aleksander Meksi, Arben Imami, Azem Hajdari, Edmond Budina, Eduard Selami, Genc Ruli, Gramoz Pashko, entre outros, e se tornou o primeiro partido de oposição após sua legalização.

Nas eleições de 1992, o líder do partido Sali Berisha é conduzido à presidência, e renuncia em 1997 após confrontos em Tirana, capital do país, que mataram cerca de 1500 pessoas. Após os distúrbios e a renúncia de Berisha, Rexhep Mejdani, do PSS, é eleito presidente pelo parlamento. Em 1998, um deputado do PDS, Azem Hajdari é assassinado. Já nas eleições de 2005, em setembro, Serisha é nomeado primeiro-ministro do país e o partido conquista 56 assentos no Parlamento.

Fonte[editar | editar código-fonte]